Lopes: ‘A causa foi política’

[gmc 1225607] O time do Atlético-PR não estava apresentando um grande futebol neste início de temporada, o que levou inclusive a torcedores protestarem em um outdoor na capital paranaense. Mas o fato é que o Furacão não perdia há onze jogos consecutivos, desde o dia 20 de janeiro. Desde então, foram sete vitórias e quatro empates.

Porém, a campanha do time comandado pelo Delegado não foi suficiente para mantê-lo no cargo. Sua demissão foi anunciada pela diretoria atleticana na noite desta segunda-feira. Em entrevista ao programa Redação SporTV, o treinador se mostrou surpreso pela dispensa.

– Fiquei boquiaberto. A causa foi política. Me disseram que estava havendo uma pressão do Conselho para eu sair. Eu disse que se fosse pelos resultados, não poderiam me tirar, pois já estamos garantidos na fase final do Estadual, e avançamos à segunda fase da Copa do Brasil – diz Lopes.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Lopes: ‘A causa foi política’"