Porta aberta

hortencia030210

A seleção brasileira feminina de basquete tem um novo treinador. Trata-se do espanhol Carlos Colinas, que foi anunciado oficialmente pela Confederação Brasileira de Basquete nesta quarta-feira (3).

Em entrevista ao programa “Arena SporTV”, a diretora de seleções femininas, Hortência Marcari, comentou sobre a contratação do treinador, afirmando que Colinas chega ao comando da seleção por já ter experiência em equipes adultas e por entender a linguagem das jogadoras.

Ainda durante a entrevista, Hortência garantiu que a saída de Paulo Bassul não foi motivada pela briga com a ala maranhense Iziane. De acordo com a ex-jogadora, era necessário mudar o comando técnico pois a “nossa prioridade é a médio e longo prazo, visando a 2016”.

Desta maneira, Hortência deixou as portas abertas para o retorno de Iziane à seleção. Segundo ela, o Brasil precisa contar com as melhores atletas.

 – Mantenho a mesma postura. Vamos convocar as melhores atletas. A Iziane é boa. Se ela aceitar, vai jogar. Mas quero deixar claro que o técnico não foi trocado por causa dela. Isso foi apenas uma estratégia de planejamento – disse.

Por: Paulo de Tarso Jr.

Seja o primeiro à comentar em "Porta aberta"