Em São Paulo…

Foi aprovado em primeiro turno na Câmara dos Vereadores de São Paulo na última quarta-feira, o projeto de lei que determina que os jogos de futebol a serem realizados na capital paulista devem terminar no máximo às 23h15. Mas as dificuldades ainda são grandes para que ele se torne realidade.

Mesmo que seja aprovado em segunda votação, o projeto deve ser vetado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM). Isso porque, em 2007, o político não sancionou projeto de conteúdo semelhante de autoria do então vereador Tião Farias (PSDB). O texto determinava que os jogos disputados nos estádios da cidade não poderiam ter início após as 21 horas. 

Se aprovado, o projeto prejudicaria a grade horária da Rede Globo, detentora dos dieitos de transmissão, que exibe os jogos do Paulistão na TV aberta, por assinatura e pelos pacotes em pay-per-view.

O argumento utilizado para justificar o veto do projeto de lei anterior foi o de que ele teria conteúdo inconstitucional, pois trataria de direito desportivo, matéria cuja competência legislativa é reservada à União e Estados, não podendo o município legislar a esse respeito.

Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "Em São Paulo…"