Arbitragem ruim

triodopiauiAprendi uma coisa no futebol que é a mais pura realidade. Quando um árbitro aparece durante o jogo é porque ele foi mal, quando ele aparece muito é porque ele foi mal demais.

Foi o que aconteceu ontem à noite com o árbitro Afonso Amorim de Souza, do Piauí que dirigiu a partida entre Sampaio-MA e São Domingos-SE pela Copa do Brasil. Ele conseguiu que as duas equipes reclamasse muito após o jogo.

Amorim deixou de marcar um pênalti legítimo em Castor, aos 6 minutos do 2º tempo. Se não fosse a sinalização do assistente Francisco Machado Gaspar, ele não teria marcado o pênalti aos 47 minutos e que garantiu a classificação do Sampaio para a 2ª fase da Copa do Brasil.

A dúvida dele foi tão grande que provocou a reação da comissão técnica e jogadores do São Domingos. Ainda bem que, mesmo com a escuridão do Nhozinho Santos, o assistente teve coragem e marcou o que viu.

Seja o primeiro à comentar em "Arbitragem ruim"