Nacional

O Nacional de Santa Inês corre sério risco de ser rebaixado para a Segunda Divisão, caso não dispute a Copa União. A ameaça foi feita pelo diretor-técnico da Federação Maranhense de Futebol (Geografia), ao saber da possibilidade de o Gavião ficar fora do torneio.

Ele explicou que a situação do Nacional é diferente do São José de Ribamar. “O São José pediu licença antes do fim do ano, ou seja, no prazo legal. Se o Nacional ficar fora da Copa União, depois de ter participado de todas as reuniões, sido colocado na tabela e faltando 20 dias para começar a competição, aí será considerado desistência, o que implicará na queda do seu time para a Série B”, explicou Geografia.

A possibilidade de o Nacional não disputar a Copa União é real. Acontece é que, segundo os dirigentes do clube, o prefeito de Santa Inês, Ronaldo Bringel, disse que a prefeitura só terá condições de patrocinar o clube no Campeonato Maranhense, pois o orçamento do município, no primeiro semestre, já está comprometido sem incluir qualquer repasse para o Nacional.

Sem dinheiro, a única esperança de o Gavião do Vale do Pindaré entrar no torneio será se a Federação Maranhense de Futebol (FMF) deixar para depois o pagamento das taxas iniciais que o clube precisará fazer e esperar até que o Naça receba a primeira parcela do programa Viva Nota.

No intuito de não ficar de fora da Copa União, os dirigentes do Nacional tentarão um acordo com a FMF para que possam montar o time. “Sem o patrocínio da Prefeitura de Santa Inês, fica praticamente impossível montar o time. Sabemos que o Viva Nota será criado, mas a primeira parcela só deve ser paga depois que a competição começar. Antes teremos que inscrever jogadores, o que custará em torno de R$ 6 mil. Como temos esse dinheiro, queremos que a Federação nos ajude, adiando o pagamento desas despesas”, explicou o presidente do conselho deliberativo do clube, Aldiomiro Muniz.

Dos times que estão inscritos na Copa União, o Nacional é o único que ainda não começou a treinar, mas Aldiomiro Muniz disse que tem comissão técnica e atletas acertados para começar os trabalhos em fevereiro. “Estamos certos com Josué Mendonça e com mais seis jogadores que ele trará do futebol cearense, mas só podemos trazê-los depois que tivermos a certeza de que poderemos pagá-los”, explicou.

Pela tabela da Copa União, o Nacional terá jogo dia 21 de fevereiro contra o Iape, em Santa Inês.

Por Equipe E+/O Estado

Uma resposta para "Nacional"

  • JOAQUIM CARVALHO

    CARO ZECA, QUE SACO DE GATO ESSA FMF. SAO JOSE DESISTE, BACABAL NINGUEM SABE SE VAI P/ ALGUM LUGAR,
    MOTO HORA DIZ QUE VAI PARTICIPAR, HORA DIZ QUE NÃO, NADA ACONTECE COM ESSES CLUBES, AGORA UM COITADO
    DE UM NACIONAL DESSE DA VIDA FICAM AMEAÇANDO REBAIXAR… P/ GRANDE SEGUNDA DIVISÃO. NÃO ME VENHAM
    COM HITORIA DE TABELA JÁ TA PRONTA QUE ISSO ELES MUDAM TODA HORA , DE ACORDO COM SEUS INTERESSES
    QUEREM FORÇAR OS CLUBES DAREM CREDIBILIDADE UMA TAL COPA UNIÃO QUE SO OS INTELECTUAIS DA FMF ACHAM
    GRANDE COISA.
    EITA FUTEBOLSINHO…