Asa-AL e América-MG na decisão da Série C

O Campeonato Brasileiro da série C conheceu, neste domingo à tarde, os seus dois finalistas da temporada. América Mineiro e ASA, de Arapiraca-AL, vão buscar um título inédito em suas histórias. Guaratinguetá e Icasa-CE estão fora da disputa, mas os quatro já tinham, de forma antecipada, garantido suas vagas no Brasileiro da Série B, em 2010. A final será definida em dois jogos, com locais sorteados pela CBF, nesta segunda-feira.

O Coelho eliminou o valente Guaratinguetá somente na cobrança de penalidades máximas, por 7 a 6, depois de ganhar o jogo, por 2 a 1. Este foi o placar do primeiro confronto, deixando os dois times em condições iguais.

O América investiu pesado para esta Série C, sendo desde o início apontado como favorito ao título. O Guará formou um time moldado para a competição e se reabilitou moralmente, depois de uma inesperada queda para a Série A2 Paulista. O time paulista sai da competição superando as expectativas iniciais, comprovando a competência de sua administração empresarial, sob o comando de Carlito Arine.

O jogo foi emocionante. O Coelho abriu com Samuel, mas Laécio empatou ainda no primeiro tempo. O gol da vitória mineira aconteceu somente aos 34 minutos do segundo tempo, com Moisés, quando então o Guará sonhava em segurar o empate e chegar à final. Nos pênaltis, valeu muito o aspecto emocional, mesmo assim,  premiou os dois times com a disputa final de 7 a 6.

ASA está bem dirigido

O ASA venceu o Icasa, no Ceará, por 3 a 2, chegando aos quatro pontos em dois jogos, porque o primeiro jogo, em Alagoas terminou empatado, por 1 a 1. O time é dirigido por Vica, ex-zagueiro do Fluminense, e que desponta como mais um nome importante na nova geração de treinadores brasileiros.

Os dois times fizeram grandes campanhas. O Icasa se recuperou também da queda a nivel estadual, onde caiu para a Segunda Divisão do Ceará. O ASA confirmou o seu crescimento e sua força, recolocando o futebol de Alagoas na Série B.

Competição mal organizada

Pela primeira vez na história, o Brasileiro da Série C teve 20 clubes. Mas como a CBF só está interessada com a Seleção Brasileira e os grandes negócios que ela gira, o resto fica em segundo plano. Dessa forma, a entidade usou uma fórmula de disputa para economizar ao máximo.

E durou apenas três meses, o que agrava ainda mais a falta de calendário para os clubes que estão fora da grande elite nacional – os que formam as Séries A e B do Brasileiro.  Por sorte, chegaram às semifinais os melhores. E, se der a lógica, o América será o campeão. Mas a lógica, nem sempre prevalece no futebol.

Agência Futebol Interior

Uma resposta para "Asa-AL e América-MG na decisão da Série C"

  • Torcedor Consciente

    Em um país que se diz do futebol é uma vergonha o que a CBF faz. Primeiro fatura milhões de dólares, nos amistosos, nos torneios, nas eliminatórias e Copa do Mundo. Tem vários contratos de patrocínios, mas nem com toda esta grana motiva a CBF, a pagar um valor descente para os campeôes das séries A, B, C, D. E por falar em séries C e D, outra vergonha, como é que um entendade como a CBF, que esta nadando nos bilhões de dólares não tem recurso para ajudar os clubes que estão disputando as séries C e D?
    É necessário uma CPI, a CPI da CBF, como também a CPI FMF, para tirar todos estes larápios que somente serve para extorquir os recursos que poderiam servir para os nossos clubes que vivem em uma situação das mais delicadas.

    Torcedor Consciente