Ricardo Teixeira admite mudanças na Série C

Ainda restam quatro meses para o final do ano, mas os quatro times que conquistaram o acesso à Série B de 2010 já foram definidos. Neste final de semana, América-MG, ASA-AL, Guaratinguetá-SP e Icasa-CE foram os times que conseguiram vaga na semifinal do Brasileiro da Série C e, de quebra, subiram de divisão. Quem aprovou o regulamento e a fórmula de disputa foi o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.

Na manhã desta segunda-feira, Teixeira esteve em São Paulo para anunciar o patrocínio do Pão de Açúcar para a Seleção Brasileira e revelou o que achou da Série C de 2009. A competição precisou ser alterada de 64 para 20 clubes neste ano devido a criação da Série D, que teve a estreia este ano, com 39 clubes – o representante do Acre desistiu da disputa.

“Dentro dessa mudança de calendário, a Série C também está sendo observada. Foi bom, mas vamos buscar uma forma que mantenha os times em atividade até o final do ano”, afirmou Teixeira em entrevista coletiva.

Agora, o presidente da CBF pretende se reunir com os responsáveis nas distribuições de jogos para tentar aumentar o número de datas da Série C do próximo ano. A iniciativa é manter os times em atividades até, no mínimo, a segunda semana de novembro. Mas isso só poderá ser analisado caso a CBF aceitar arcar com os gatos dos times, o que não foi feito esse ano.

Agência Futebol Interior
 

Seja o primeiro à comentar em "Ricardo Teixeira admite mudanças na Série C"