Icasa goleia e despacha o Paysandu

Depois de 25 anos de ausência, o Icasa está de volta à Série B. Mesmo precisando de apenas um empate sem gols, o clube cearense massacrou o Paysandu e venceu por 6 a 2, neste domingo, em Juazeiro do Norte, pelo jogo de volta das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série C. Marciano e Marcus Vinicius, com dois gols cada, além de Carlinhos e Júnior Xuxa fizeram os gols do Icasa, enquanto Aldivan e Michel descontaram para o Papão.

No jogo de ida, em Belém, houve empate em 1 a 1, por isso o Verdão do Cariri conquistaria o acesso até com um 0 a 0. Agora, o clube encara o vencedor de ASA e Rio Branco nas semifinais da competição. O critério é o mesmo das quartas, com jogos de ida e volta e gol fora de casa com maior peso.

Verdão é melhor!

Aproveitando o fato de atuar em casa e apoiado pela torcida que compareceu em bom número, o Icasa começou o jogo partindo para cima, sem se incomodar com a tradição do Paysandu, que entrou em campo como se não estivesse disputando uma vaga na Série B. Logo aos três minutos, Rafael Córdova foi obrigado a fazer grande defesa em chute de Pantico, e a bola ainda bateu na trave antes de sair.

O time cearense chegava constantemente com perigo ao gol do Papão, e o grito de gol saiu da garganta da torcida do Verdão do Cariri aos oito minutos. O meia Júnior Xuxa cobrou escanteio, a bola desviou no primeiro pau e o atacante Marciano empurrou para dentro do gol, fazendo a festa da torcida no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte.

Dois gols em dois minutos!

Atrás no placar, o Paysandu tentou agredir o Icasa, mas sem criatividade, o time paraense não conseguia chegar ao gol do rival, enquanto os donos da casa atacavam com perigo. Aos 15 minutos, Marciano girou em cima da zaga do Paysandu, mas finalizou fraco e Rafael Córdova defendeu com tranquilidade.

Depois de um período de morosidade, o jogo pegou fogo no final do primeiro tempo. Aos 34 minutos, o zagueiro Bernardo falhou e a bola sobra para Marcus Vinícius, que não perdoou e chutou no canto para fazer o segundo. O Papão deu o troco no minuto seguinte e diminuiu o placar. Aldivan pegou de primeira e soltou uma bomba para marcar o primeiro do time bicolor. No final do primeiro tempo o Paysandu cresceu e teve chances de empatar.

Ducha de água fria

Na volta do intervalo, Válter Lima trocou Zé Carlos por Balão e o Paysandu até que começou a etapa final dando pinta de que iria chegar ao empate. No entanto, aos seis minutos o time cearense fez o terceiro e esfriou o ímpeto do bicolor. Júnior Xuxa invadiu a area e chutou no contra pé do Rafael Córdova.

Se já estava difícil, a situação do Papão ficou mais complicada aos 10 minutos. Panda desceu pela esquerda e cruzou para Marciano, que pegou de primeira e mandou para o fundo das redes, de sem pulo, marcando um belíssimo gol. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar.

Goleada histórica!

O time paraense errava muitos passes e não conseguia ameaçar o gol do goleiro Aloísio, que era um mero espectador no segundo tempo. O Papão ainda conseguiu descontar aos 33 minutos com Michel, que Michel recebeu bom passe, driblou o goleiro e marcou o segundo do Paysandu. Mas não deu nem tempo do torcedor paraense comemorar e o Icasa fez o quinto no minuto seguinte. Marcus Vinícius invadiu a área e marcou na saida do goleiro.

Mas ainda tinha tempo para mais um. Carlinhos bateu de longe, encobriu o goleiro e fez o sexto dos donos da casa. Depois, o Verdão do Cariri só administrou e tocou a bola esperando o tempo passar. Com o apito final do árbitro, a torcida explodiu em alegria e vibrou o acesso do Icasa, que não joga a Série B desde 1984 e que este ano começou mal a temporada, tendo sido rebaixado no Campeonato Cearense.

Já o Paysandu vive um interminável inferno astral. Este ano, após a conquista do campeonato paraense, a equipe não soube se estruturar para o Campeonato Brasileiro da Série C. E, se quiser voltar a pensar em Série B, terá que fazer uma completa reformulação e renovação em seu elenco e em toda a comissão técnica.

Ficha Técnica

Icasa 6 x 2 Paysandu

Local: Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte-CE
Árbitro: Heber Roberto Lopes-PR
Cartões amarelos: Mael (Paysandu); Tiago, Júnior Xuxa, Marcus Vinicius (Icasa)
Gols: Marciano, aos 10’/1T, aos 10’/2T, Marcus Vinicius, aos 33’/1T e 34’/2T, Júnior Xuxa, aos 6’/2T e Carlinhos, aos 38’/2T (Icasa); Aldivan, aos 34’/1T (Paysandu)

Icasa
Aloísio; Alan, Tiago e Everaldo; Marcos Vinicius, Dodó (Serginho), Ricardo Baiano, Júnior Xuxa (Joelson) e Panda; Pantico e Marciano (Carlinhos).
Técnico Flávio Araújo

Paysandu
Rafael Córdova; Cláudio Allax, Roni, Bernardo e Aldivan; Mael, Dadá (Michel), Zeziel e Vélber; Torrô (Zé Augusto) e Zé Carlos (Balão).
Técnico: Valter Lima

Agência Futebol Interior

3 comentários para "Icasa goleia e despacha o Paysandu"

  • raimundo

    oi zeca estou muito feliz com a eliminação do paysandu eles se achavam o tal o todo poderoso eles se classificaran na marra ,eles detonaram com a imprensa maranhense não sei se voce sabe

  • Jeorge

    Este resultado mostra o quanto nosso futebol está abaixo da critica, o Sampaio não conseguiu sequer fazer um gol neste time do Payssandu, e mostra tambem que quando um time tem vontade de ganhar não adianta o Juiz anular gol,pois quanto mais se anula mais se faz, e olha que o Icasa foi rebaixado para a segunda divisão do futebol cearense .

  • crystian

    “oi zeca estou muito feliz com a eliminação do paysandu”. Papo furado! Esse tal de Raimundo com certeza nem torcedor do Icasa é. É bem “secador”. Um dos torcedores do Clube do Remo que só se alegra com a disgraça dos outros.