Cleber Verde promete resolver tudo

Enfim, apareceu alguém no Moto para falar. E foi o próprio presidente Cleber Verde em entrevista ao programa Mirante Esporte, apresentado por Edivan Fonseca, na Rádio Mirante AM.

O presidente afirmou que estava em viagem oficial pela Câmara dos Deputados e que foi pego de surpreso com esta situação, pois esperava já ter recebido os recursos prometidos pelo governo.

– Nós estivemos reunidos ontem com a diretoria e vamos resolver esta situação até a próxima terça-feira, independentemente dos recursos do Estado. Vamos honrar o compromisso com os jogadores, até porque sabemos que o governo também vai nos repassar os recursos prometidos – afirmou.

Cleber Verde voltou a descartar a possibilidade de renunciar o mandato.

– Não sou homem de renunciar. Eu assumi um compromisso com o Moto e vou cumprir até o fim do ano – garantiu.

Cleber Verde destacou o trabalho do técnico Arlindo Azevedo e dos jogadores e responsabilizou o árbitro maranhense Aélson Mariano Campelo Gomes pela desclassificação no Campeonato Brasileiro Série D.

– Fomos desclassificados por conta de um gol legítimo anulado por um árbitro maranhense no jogo com o Tocantins. Fomos prejudicados por um árbitro maranhense – desabafou.

Perguntado se seria candidato à presidência do Moto, caso a eleição fosse realizada agora, Cleber Verde respondeu:

– Eu particularmente não tinha nenhuma ligação com o futebol e cheguei a convite do Jota Pinto. Se eu não fosse candidato a deputado federal eu ficaria e daria a minha contribuição ao Moto, mas nós teremos que cuidar da reeleição – explicou.

Cleber Verde disse que dirigir o Moto não foi uma experiência positiva.

– Para mim não foi uma experiência positiva, pelas contratações, pelos resultados, pelo rebaixamento histórico para a 2ª divisão do futebol maranhense que ninguém gostaria que tivesse acontecido e vai marcar a minha administração – finalizou.

O dirigente afirmou que mesmo deixando o Moto, a partir de dezembro continuará ajudando o clube na estruturação das divisões de base.

3 comentários para "Cleber Verde promete resolver tudo"

  • ABRAÃO LIRA MOTENSE

    Boa Noite caro Zeca, isso não é nem a pontinha dos dedos da realidade que o Moto está passando. Meu amigo a coisa está preta. Apenas o Cléber Verde apareceu para apaziguar a situação. O Cléber Verde diz, que independente do Governo pagar ou não, que ele cumpre os pagamentos, então porque não deixou em dias os jogadores sem depender do dinheiro do governo. È só quem está lá nessa situação para saber ao quanto é crítica essa situação. Sei que muitos não ajudam o presidente, como no pagamento das despesas de passagens de avião e alimentação que és um dinheirão meu caro. Agora sumiram quem dizia que ajudava o Moto, pois essa competição de Taça SL, não tem lucro, por causa das arrecadações dos jogos, quanto Moto e outros times pagam para jogar. Muito se comentou sobre Alberto Ferreira, que estamos numa situação deplorável o nosso futebol, mais ninguém age. Pronto acalmou e vai passando anos e nada acontece, tomara que a promotora Lídia Cavalcante, marque um golaço, pois tem competência e não se vende, as contas da federação, tudo estão irregulares, esperamos uma resposta desse homem, que só tem a crescer a sua fortuna. Não sei se soube de um caso que ele (Alberto Ferreira) trocou um cargo de diretor da Federação, por uma agência de viagem, quem sabe bem é o Filadefio (ex-diretor do Sampanha) que era dono da agência de viagens e turismo. AGORA CARO ZECA PORQUE, NUNCA SAIU ESSE DINHEIRO DO GOVERNO PARA AJUDAR AOS CLUBES, CUIDADO ISSO PODE QUEIMAR JOÃO ALBERTO E PRINCIPALMNET ROSEANA !!!!????.
    PASSE BEM

  • BOB ESQUENTADO MOTO CLUB

    Prezados,

    Coloco a seguinte idéia. Os campeonatos estaduais, torneios etc… deveriam parar por 2 anos, eu disse 2 anos. Uma paralização de urgência para o futebol maranhense. Durante esse período, seriam apurados e investigados todos os podres e males do nosso futebol.
    Acredito que isso, ajudaria a moralizar os nossos torneios e colocar os responsáveis por essa sujeira, na CADEIA. Não importa com fosse ou que cargo ocupa. Tenho certeza, que essa “pausa”, melhoria a imagem do times maranhenses e da própria federação. Do jeito que está sendo conduzido, nós nunca atingiremos o ápice, o campeonato nacional série A ou galgarmos destaque nacional.

  • raimundo

    Enfim Kleber covarde verde admitiu q essa presidencia do moto no contrôle remoto, fz muito mal para ele, na verdade ñ especificamente o moto;; foi mesmo a omissão dele ;;; dormiu no ponto e despencou ////delicada ñ é hoje e sim em dezembro,, esperemos p/ V.