Passando a limpo – Carlos Dantas

Continuamos com a série “Passando a limpo” o futebol maranhense. O entrevistado agora é o radialista Carlos Dantas, repórter esportivo da Rádio Mirante AM de Imperatriz-MA.

Carlos Dantas é paraense, mas reside a 28 anos em Imperatriz. Ele conta que nunca imaginou que o futebol no Maranhão pudesse chegar ao ponto que chegou e diz que nenhum empresário quer patrocinar um futebol que ele considera “falido”. Ao final da entrevista, o radialista faz uma apelo às autoridades do estado: “Salvem o nosso futebol”.

Entrevista com Carlos Dantas
Radialista

 
BLOG – Em algum momento da sua carreira, você chegou a imaginar que chegaríamos a essa situação atual do futebol no Maranhão?

CARLOS DANTAS – Lamentavelmente te confesso que nunca poderíamos imaginar que o futebol Maranhense chegasse a este ponto, inclusive chegando a servir de gozação na imprensa de outros Estados.
 
BLOG – Existe um culpado pela situação ou são vários?

CARLOS DANTAS – Claro que existem vários culpados, mas poderíamos responsabilizar como principal, a nossa falida FMF pela omissão e muitos erros, principalmente pela falta de responsabilidade em vários aspectos. Tivemos como exemplo no último jogo do Moto-MA x São Raimundo-PA, que sofreu um atraso de  30 minutos, por falta de policiamento e ambulância devido à solicitação feita com horrário errado pela FMF. Agora imaginem: uma competição a nível nacional (Serie D) até porque no nosso Estadual isso é muito comum. Os outros culpados são os dirigentes de clubes que quase todos usam o time para se promoverem politicamente e alguns quando conseguem, abandonam o time, deixando o barco à deriva.
 
BLOG – Muito se fala da culpa da imprensa? Nós temos culpa nisso realmente? Onde é que nós estamos errando?

CARLOS DANTAS – Acho que ainda se fala em Futebol no Maranhão, graças à imprensa que mesmo com o caótico e desorganizado futebol, ainda temos a cara de pau de chamar o torcedor para ir ao estádio e mesmo diante de tanta mediocridade muitas vezes o torcedor atende o nosso chamado. Então, se tem alguém que não tem culpa essa é a imprensa.

BLOG – Bem e você diria o que sobre o papel da Federação?

CARLOS DANTAS – Infelizmente a muito tempo deixou de cumprir o seu papel, como principal mentora, organizadora, defensora do nosso futebol, inclusive não conseguindo sequer confeccionar uma tabela com apenas 10 clubes como aconteceu no Estadual deste ano. O seu papel principal seria o de lutar e defender os direitos dos seus filiados e isto infelizmente não acontece, chegando inclusive sequer à comparecer em partidas oficiais de nossos clubes, como aconteceu recentemente em Codó (Sampaio) e nem no jogo do último domingo (Moto) quando o nosso representante brigava por uma vaga. Lamentável.
 
BLOG – E os clubes porque não reagem?

CARLOS DANTAS – Por falta também de organização parece que todos já se acostumaram com tanta desordem. Muitos não mandam nem representantes em reuniões importantes e depois reclamam do que acontece durante as competições. São omissos também.
 
BLOG – Porque o torcedor se mantém passivo a tudo isso?

CARLOS DANTAS – Acho que o torcedor não tem mais para quem apelar. Muitos se revoltam e a resposta está aí: não vão mais aos Estádios. Acho que esta é a mais clara resposta dos torcedores. Muitas vezes se viu o Castelão com 50, 60 mil torcedores lotando o estádio. E uma pergunta fica no ar: onde estão estes torcedores? Estão ausentes em resposta à total desorganização e a falência do nosso futebol. É triste.
 
BLOG – Muito se fala que o Maranhão é um celeiro de “craques”. Você acha que o profissional maranhense é valorizado como deveria?

CARLOS DANTAS – Acho que é mau aproveitado, isso ocasionado pelo nível do nosso futebol. Temos craque em nosso estado, mas como podemos colocar estes jogadores nas vitrines já que não conseguimos sair sequer da Série D? O que está faltando é uma parceria séria do nossos clubes com times de alto nível no Brasil e até no exterior.
 
BLOG – Ouço muita reclamação sobre falta de planejamento nos clubes. O que você pensa sobre este assunto?

CARLOS DANTAS – Isto é claro que é notório. Não só a falta de planejamento como não existe projetos de se chegar a lugar nenhum. Os clubes do nosso futebol pensam somente em conseguir o título de campeão estadual montando uma equipe em cima da hora. Muitos clubes até pedem adiamento de sua estreia por ainda não ter uma equipe formada para participar da competição, quando na verdade nós sabemos que futebol não é feito assim. Então falta: organização, planejamento e trabalhos nos nossos clubes e o pior: sai ano e entra ano e nunca se aprende que nada se faz na vida se não tiver planejamento e organizaçao.
 
BLOG – Porque as nossas equipes não conseguem bons patrocínios?

CARLOS DANTAS – Qual é a empresa, qual a Indústria ou melhor qual é o empresário que vai aplicar o dinheiro numa coisa falida. Quando se investe num patrocínio se quer ter um retorno positivo. Infelizmente nosso futebol faliu e nenhuma empresa vai aplicar um investimento em uma coisa literalmente desorganizada e falida como é o nosso futebol.
 
BLOG – Qual é a saída agora que o nosso futebol está na 4ª divisão?

CARLOS DANTAS – A saída seria começar tudo de novo. É fácil detectar onde estão os erros do nosso futebol. Os Clubes terão que se unir num só objetivo que é o de ressuscitar o nosso futebol. Para isto, teríamos que fazer uma total limpeza. Acho que deveríamos fazer uma Associação dos Clubes e tomar providências no sentido de recuperar o prestígio do nosso futebol. E dentro desta urgente providência: seria que os nossos dirigentes voltassem a ter credibilidade isso se tratando de Organização.
 
BLOG – O que podemos esperar no futuro?

CARLOS DANTAS – Pior do que está não pode ficar. Se os homens que dirigem nosso estado não tomarem uma providência urgente…lamento muito, mas o Sampaio Correa vai virar um Vitória do Mar (com todo respeito); o Moto Club vai virar um Tupã e os clubes do interior vão desaparecer. É muito triste chegar a essa situação. Sou Paraense, mas estou radicado neste Estado a 28 anos. Moro em Imperatriz. Foi a cidade onde escolhi para criar meus filhos e agradeço a Deus por esta cidade ter me acolhido. Aqui criei meus filhos e hoje já tenho netos. E fico muito triste em ver nosso futebol chegar numa situação dessa. Durante estes 28 anos venho acompanhando diariamente o nosso futebol e a cada ano se observa a decadência. Chegamos ao ponto de perder uma classificação para o Cristal-AP, onde os seus jogadores trabalham o dia todo e treinam na parte noturna e o nosso representante, o Moto Club, time de tradição e conhecido em todo o território Nacional por suas conquistas. Aproveito a oportunidade que me foi concedida para fazer um apelo às autoridades constituídas deste nosso estado, “Salvem o nosso futebol”.

3 comentários para "Passando a limpo – Carlos Dantas"

  • Jean Pierre Jubert

    Interessante e lúcida a entrevista com o senhor Carlos Dantas, algumas poucas ressalvas: em relação a impressa considero que contribui para a divulgação do nosso campeonato, mas também durante muito tempo fez vista grossa com o que se passava,reclamava até um certo ponto e só, preocupava-se em torcer e não em informar.Um outro ponto é relativo ao futebol do interior, com mudanças e bem administrado pode ser uma porta de saída da crise que assola o nosso Estado, no mais parabenizo o jornalista que certamente torce por dias melhores para o futebol do Maranhão.

  • Henrique Junior

    Caro Zeca Soares,
    Divulgue ao povo maranhense como é e quando é escolhido a direção do futebol maranhense (FMF).
    Depois dessa informação. ai sim, vamos comentar e providenciar as melhoras. Não adiantar chorar se os caciques da Federaçãoa anaão modifica. Esses caras são o que são. anão adianta apelo. Precisam descançar.

    RESPOSTA: SEMPRE QUIS SABER ESSA INFORMAÇÃO. ALIÁS NÃO APENAS EU, MAS NINGUÉM CONSEGUE.

  • eliotorres

    carlos dantas tem razao agora mesmo imperatriz vive um drama o cavalo de aco o clube mais popular do interior do maranhao nao tem diretoria ou seja nao teria porque se quem ta fora  que entrar quem teria que ter saido que ficar.e sempre assim ano que vem e ano politico muitos tiram proveito disso . aproveito a  deixa e reforco o apelo nao deixe o cavalo de aco acabar por pura  vaidade isso pode acontecer. a torcida tem que se manifestar  o poder publico nao pode permitir que uma istituicao publica privada como e o cavalo de aco possa se acabar uma das maiores paixao da nossa cidade os cronistas da nossa cidade tem que sair de cima do muro . fazer o que o dema de oliveira tar fazendo tenha coragem falem sei que isso tar mechendo com alguem mais o clube tem que existir cade categoria de base que acabou a mais de 10 anos .futebol de imperatriz sem o cavalo de aco nao existe e como o rio sem flamengo sao paulo sem corinthians o minas sem atletico ou cruzeiro sao luis sem moto e sampaio e belem sem payssandu ou remo fortaleza sem ceara ou fortaleza recife sem sport nautico e santa cruz bahia sem o bavi rg do sul sem o famoso grenal e agora com o frei sendo sendo reformado principalmente com um estadio novo o povao vai em peso e so acreditar,,,,,,,,,,,,,,,,,