A morte de Djalma Campos

Por Sandow Feques

Recebi a noticia da morte do Djalma Campos com muita tristeza. Conheci o atleta Djalma quando meu pai me levava ao estádio de futebol para assistir aos jogos do Sampaio, naturalmente meu pai era torcedor do Sampaio. Alí começou minha paixão por esse esporte que Djalma jogava muito bem. Não sou de falar muito nesses momentos, pois gosto de admirar, respeitar e homenagear pessoas quando estão entre nós.

Ainda bem que fiz isso quando o Djalma estava entre nós. Quando do jogo entre as equipes do JV e Iape pelo mata-mata do campeonato, tive o grande prazer de conversar com o Djalma nesta ocasião. O mesmo elogiou o meu trabalho e confessou que no momento o JV era a melhor equipe do campeonato.

Disse a ele que assisti muitos jogos dele e seu estilo de jogo me inspirou para que hoje eu tenha um pensamento tático bem definido.

Agora não estou triste, sinto saudade das boas e produtivas conversas que tive com ele. Sei também que o Djalma esta bem e quero deixar para os seus que ficam muita paz, compreensão, muita luz, orações, conforto, apoio nesse momento.

Que DEUS cuide de seus familiares para que tenham forças, pois Djalma já está com DEUS. Um grande abraço fraterno a seus familiares e muito obrigado Djalma por ter um dia me escutado.

2 comentários para "A morte de Djalma Campos"

  • eliotorres

    olha zeca eu tinha 13 anos de idade e era louco por futebol e ouvinte assiduo do radio tinha um programa chamado gol de bicicleta em rede nacional eu ouvia e sepre repetia o gol de djalma campos contra o avai de bicicleta em 1974 pelo brasileiro essa lembranca tenho ate hoje que deus tenha em um bom lugar …………………………………………………….,,,,,,,,

  • Ribamar

    Caro Zeca,

    Conheci Djalma Campos pessoalmente com também nos anos dourados do futebol maranhense. Antes do Djalma, jogador de Futebol profissional(campo) por muitas veze t ive o previlégio de acompanha-lo jogando futebol de Salão pelo Sampaio Correa em diversas quadras, Cassino Maranhenhensee ouyrtras quadras. da epoca ed ouro do futebol de salão. Digo com toda franqueza ainda não apareceu no Brasil nehum jogador igual ou semelhante a Djalma Campos. Tive a felicidade de diversas vezes lhe falar sobre isso, e ele com sua simplicidade me rebatia. No campo de futebol, também tivemos poucos com ele. O fuitebol do maranhão da era Djalma, Santana, Carlos Alberto,João Bala, Croia , Hamilton e outros, tinhamos certeza de espetaculo garantido para todos amantes do futeboil arte.

    Zeca, só do tempo do velho Estadio “SANTA IZABEL” do ICARO, NACIONAL e tantos outros clube.Hoje não frequento mais por sentir vergonha de tudo que se passa em nosso futebol.Espero que um dia o Sr. Alberto Ferreira entenda e sensibiliza com nosso futebol e vista um TREMENTO PIJAMÃO e der oportunidade a outro dirigente.

    Um abraço, amigo.