“Mala preta” preocupa o Flamengo-PI

O Flamengo-PI vive um drama psicológico no Campeonato Brasileiro da Série D. Tudo por conta de uma possível mala preta, que deverá entrar em campo no próximo domingo, na última rodada da primeira fase da competição. As notícias que chegam em Teresina dão conta que o Treze da Paraíba estaria oferecendo R$ 50 mil reais para o Alecrim vencer o Ferroviário.

Outro assunto que preocupa os torcedores piauiense é a arbitragem, que poderá ser o ponto fundamental no jogo do Flamengo diante do Treze, em Campina Grande. Mas se depender dos diretores do rubro-negro e da Federação de Futebol do Piauí, eles irão solicitar da CBF um trio de arbitragem todo ele de fora, já que na Série D somente o arbitro é de outra federação.

O Flamengo voltou aos treinos nesta quarta-feira, mas se depender do técnico Paulo Morone esse trabalho psicológico já está sendo feito, para que dentro de campo os jogadores não entrem desmotivado, para a partida contra o Treze. O jogo será uma verdadeira decisão para ambas as equipes. Mas vale lembrar que dentro desta rodada e todo este suspense, os dois clubes podem morrer abraçados caso o Ferroviário vença o Alecrim na cidade de Natal. 

Sidney Santos, para a Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "“Mala preta” preocupa o Flamengo-PI"