Paraenses entre céu e inferno

Depois dos resultados da rodada do final de semana – Águia 2 x 2 Sampaio e Luverdense 2 x 0 Rio Branco -, os clubes paraenses ficaram entre o céu e o inferno na Série C do Campeonato Brasileiro. Na última rodada, domingo, dia 2 de agosto, empate nos jogos contra Sampaio e Rio Branco, ambos fora de casa, será suficiente para Paysandu e Azulão, respectivamente, se classificarem para a próxima fase da competição. Mas, se perderem, além da desclassificação, um dos dois será rebaixado para a Série D. Nesta última hipótese, o Rio Branco chegará a 12 pontos e estará classificado. O Sampaio chegará a 11, mas passará Paysandu e Luverdense no saldo de gols, e decidirá a vaga com o Águia no mesmo critério de desempate, já que cada um terminará a primeira fase (Grupo ‘A’) com três vitórias, o primeiro critério de desempate.

Para garantir a classificação e livrar o Paysandu do que seria o maior vexame de sua história, o técnico Válter Lima está aproveitando a folga de duas semanas da melhor maneira possível. Ele escalou novo meio-campo para melhorar o rendimento do time. Os escolhidos são Dadá, Mael, Michel e Zeziel. É possível que Vélber seja escalado para jogar mais à frente contra o Sampaio, ao lado de Zé Carlos ou Zé Augusto.

E, para saber como armar o Papão para enfrentar o time maranhense, Valtinho esteve em Marabá, sábado, 25, para assistir ao Sampaio deixar a vitória escapar contra o Águia no final da partida. ‘Tive a oportunidade de ver o jogo e acho importante isso. Hoje temos que tomar todas as atitudes que possam ajudar. Futebol é assim, quando mais souber do adversário mais próximo se estará da vitória’, disse. ‘O Sampaio vem de um Campeonato Maranhense ruim e renovou o elenco. Mudou o elenco de uma competição para outra, o que evitou o desgaste. O time vem crescendo. Hoje a gente vê um time inteiro, com lastro’, completou.

Válter Lima fez questão de elogiar o Sampaio. ‘Todo time tem seus pontos de referência, alguns positivos outros negativos. Vi um Sampaio bem unido, empenhado em campo e vibrante. O ataque é rápido, a zaga é compacta e o meio é dinâmico. É um time que tem qualidade’, afirmou.

Mas o treinador avisou que o Papão não está dormingo. ‘A semana que passou foi de treinos fortes e quem esteve na Curuzu viu isso. A vibração é muito de interior, varia de pessoa para pessoa. É claro que há como se extrair isso das pessoas, e tenho notado que aqui dentro as coisas têm melhorado. Essa unidade é muito importante em todos os meios, seja na família ou numa empresa. E isso tem sido encontrado aqui na Curuzu’, constatou Válter Lima.
 
O Liberal

7 comentários para "Paraenses entre céu e inferno"

  • Frederick Brandão

    Um grande Lucro! é o que se pode dizer disso tudo. Se o Sampaio pode se classificar e ser rebaixado, depois de tudo o que aconteceu nos primeiros jogos, e o que podemos dizer disso tudo é que podemos passar ou ser rebaixados, no final das contas tivemos um grande lucro. O Sampaio Correa mais uma vez está com a faca nos dentes, e irá decidir o seu futuro na competição contra o Paysandu. Eu diria que seria justiça poética se ganharmos essa partida. E porque não? se o Luverdense que é uma equipe pior que a do Sampaio conseguiu batê-los. Temos que ter ganar e raça e destroça esse mito. Tabus foram feitos pra serem quebrados. Avante Bolivia!

  • José Carlos Pereira Martins

    AVANTE TRICOLOR!

    É desse tipo de torcedor, otimista e positivista, que o futebol do Maranhão precisa para chegarmos ao ápice, no cenário nacional. Seja sempre persistente, amigo Frederick Brandão.

  • tubarões da fiel

    CODÓ NOS ESPERA TORCIDA TRICOLOR…EU, ESTAREI LÁ APOIANDO O TRICOLOR DE AÇO RUMO A CLASSIFICAÇÃO.!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • nonato vieira

    olá conterranios sou de ribamar-ma, mas moro em belém eu torcia gue ficasse a bolivia guerida e o papão da curuzu classificado para a proxima fase mas não vai da, então gue ganhe o melhor, fui……..

  • marcel

    meu caro frederick concordo com vc ,,o sampaio merece depois de tudo q falarao se classificar ,,,mas descordo de voce ao diser que o time do luverdense eo pior se tivesse mais jogos garanto pra vc que esse time que resurgiu das cinzas e q tem apenas 5 anos de historia iria mandar ve,,moro ak em sao luiz a 1 ano e torso para o sampaio e o luverdense

  • rony tricolor

    vamo galera tricolor, vamos “invadir” codó!!!!!!!!!!1
    um dos dos jogos mais importantes para o nosso tricolor nos últimos anos!!!!!!!!!1

  • Fábio

    Vamos Bolívia… Vamos acabar com a soberba Paraense, que não sei porque se acham os bambambans dessa região e não só no futebol… Vamos detonar… Ganhar de goleada pra calar de vez esses que se acham superiores sem motivo…