Rio Branco segue indefinido

Defesa ou ataque? Três zagueiros ou meio-campo ofensivo? Essas são as dúvidas do técnico Everton Goiano no Rio Branco para o jogo contra o Luverdense no domingo, às 17 horas, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso.

Segundo Everton Goiano, o coletivo desta tarde em Sorriso, no Mato Grosso, será decisivo para definição do time. “Perdemos o Neném e agora temos que encontrar a melhor formação. Vamos fazer uma movimentação com a duração de 60 minutos e tenho muita confiança nas opções”, comentou o treinador.

Wendell como terceiro zagueiro ou Ronaldo Paulista para tornar o time mais ofensivo. Essas são as opções do treinador Everton Goiano, que serão avaliadas nesta sexta-feira.

Para o atacante Juliano César, o Rio Branco precisa respeitar o Luverdense, mas não pode temer. “Nós sabemos das dificuldades, mas precisamos do resultado. Será uma partida complicada e, neste momento, estamos bem concentrados para tentar uma vitória que nos deixará próximo da vaga”, comentou o atacante.

Pendurados

Os volantes Zé Marco e Ismael entram para o jogo contra o Luverdense “pendurados” com dois cartões amarelos.

Segundo Ismael, isso não será nenhum problema, e o objetivo é atuar da mesma maneira. “Temos que viver a partida e tentar conquistar o resultado. Temos um bom elenco e o mais importante é pensar no Luverdense”, comentou Ismael.

Jornal Amazônia

Seja o primeiro à comentar em "Rio Branco segue indefinido"