Johíldo na seleção da rodada

Chegando à reta final da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C, o equilíbrio é a marca da competição, haja vista que faltando duas rodadas somente o América já está classificado e o Marcílio Dias é o único já rebaixado. Isso demonstra que as equipes são equivalentes, por isso a Seleção FI da rodada chega com jogadores de oito times diferentes.

Confira o noticiário completo da Série C!
América-MG e Guaratinguetá são os únicos que têm mais de um jogador na equipe. Do clube mineiro também é o técnico Givanildo de Oliveira (foto), especialista em acessos e que caminha a passos largos rumo à outro.

A Seleção da Série C da oitava rodada tem a seguinte formação: Ronaldo (Luverdense); Danilo (América), Johildo (Sampaio Correa), João Paulo (Marília) e Júnior (Guaratinguetá); Moisés (América), Diego Dedoné (Guaratinguetá), Júnior Xuxa (Icasa) e Rafinha (Caxias); Kleiton Domingues (Guaratinguetá) e Kito (Brasil). Técnico: Givanildo de Oliveira (América).

Confira os melhores da rodada:

Goleiro: Ronaldo (Luverdense) – Uma verdadeira muralha no gol do Luverdense. O camisa do time matogrossense pegou até pensamento do ataque do Paysandu, e ajudou o LEC a sair com um bom empate na Curuzu.

Lateral-direito: Danilo (América-MG) – O lateral de apenas 18 anos vem atuando na vaga do veterano Evanílson, de 33 anos, e mostrando muita personalidade. Bom no apoio, teve atuação de destaque na goleada sobre o Mixto.

Zagueiro: Johíldo (Sampaio Correa) – Com uma boa atuação, o xerifão da zaga maranhense segurou o ataque do Rio Branco, o mais positivo da Terceirona. Ainda conseguiu encontrar tempo para subir ao ataque e marcar o gol que abriu caminho à vitória do Sampaio Correa.

Zagueiro: João Paulo (Marília) – Com a regularidade de sempre, o zagueirão tem bom posicionamento e liderança dentro de campo. Um dos mais experientes do jovem elenco maqueano, o beque de 28 anos comandou a marcação eficiente em Caxias do Sul, que permitiu ao MAC trazer um improtante ponto.

Lateral-esquerdo: Junior (Guaratinguetá) – Bom tanto no apoio quanto na marcação, o jogador foi um dos destaques do Tricolor do Vale na vitória sobre o Gama, que deixou o clube perto da segunda fase. Fazendo sua primeira partida como titular em seu retorno ao Guará, mostrou a qualidade de sempre.

Volante: Moisés (América-MG) – Já é difícil um volante marcar gols, dois na mesma partida então, é algo raro. E foi isso que Moisés fez na goleada do Coelho sobre o Mixto. Além de segurar as investidas adversárias, ainda foi a frente e deixou sua marca duas vezes.

Volante: Diego Dedoné, (Guaratinguetá) – Volante de boa qualidade técnica, saída de bola e visão de jogo, Diego Dedoné fez uma grande exibição em Brasília e comandou o meio-campo do Guará. A maioria das boas jogadas do time paulista passaram pelos seus pés.

Meia: Júnior Xuxa (Icasa) – O cérebro do time cearense, com boas enfiadas de bola e belos passes, além de cobrar faltas com muito perigo ao gol rival. De quebra, ainda fez o segundo gol do Verdão do Cariri em um chute de fora da área.

Meia: Rafinha (Caxias) – O típíco camisa 10 mostrou muita habilidade e visão de jogo, e teve uma atuação destacada contra o Marília. Foi o autor do gol do time grená numa bela cobrança de falta. Demonstrou muita qualidade na bola parada, e quase fez outro de falta.

Atacante: Kleiton Domingues (Guaratinguetá) – O atacante infernizou a defesa do Gama e fez o primeiro gol do jogo com menos de um minuto de bola rolando. Mostrando velocidade e oportunismo, ainda abriu espaços para as chegadas do meia Nenê e do seu companheiro de ataque Laécio.

Atacante: Kito (Brasil) – O atacante entrou no segundo tempo e mudou o panorama do jogo. Com muito oportunismo e boa colocação, Kito fez dois belos gols que deixaram o Xavante com um pé na segunda fase da Terceirona.

Técnico: Givanildo de Oliveira (América-MG) – O experiente treinador vai dando mostras de que ainda sabe muito bem conduzir um time ao acesso. O América-MG tem a melhor campanha e foi o primeiro time a se classificar para a segunda fase. Contra o Mixto, o Coelho foi para o intervalo perdendo, mas Giva arrumou o time, fez mudanças, o clube mineiro virou o placar e goleou.

Agência Futebol Interior

2 comentários para "Johíldo na seleção da rodada"

  • raimundo

    brincadeira zeca fala a verdade deixa de brincadeira joildo na seleção do capeonato é brincadeira

  • JOSÉ CARLOS PEREIRA MARTINS

    VAMOS DAR FORÇA AOS NOSSOS CONTERRÂNEOS!

    Só tu e Fontenelle, Raimundo, para querer desqualificar o xerifão. Quando deram a escalação do time que jogaria contra o Rio Branco, Fontenelle deu um suspiro tão grande ( Hum!… ), que deixou a torcida preocupada. O zagueirão foi, jogou e não decepcionou o grande Universo Tricolor. Continua, assim, Johildo. Joga o teu feijão com arroz, com responsabilidade.