Demitido, técnico do Moto é preso em hotel

abelferreira.jpgO futebol brasileiro nos proporciona momentos de pura alegria, respeito e patriotismo, mas também nos reserva momentos cruéis, varzeanos e de país de terceiro mundo. O técnico Abel Ribeiro está preso em um hotel em São Luis, capital do Maranhão.
  
Aos 51 anos, o ex-ponta esquerda do Maringá e Ponte Preta nas décadas de 70 e 80, Abel foi demitido do Moto Club-MA, que hoje disputa a Série D do Campeonato Brasileiro, e de quebra foi proibido de deixar o hotel.

“O vice-presidente Carioca me deixou no hotel, enquanto eu estava no comando do Moto. Eu segui meu trabalho, mas os resultados não vieram e eu sai. Então começou a confusão”, disse ao Portal Futebol Interior, o treinador, que conta o motivo de seu cárcere privado.

“O presidente Cléber Verde (Deputado Federal pelo PAN – Partido dos Aposentados da Nação) me pagou apenas a metade do que me devia e a passagem para Florianópolis, onde eu resido. Mas quando eu fui sair, não me deixaram. O presidente não tinha pago as diárias, o restaurante…”.

Abel Ribeiro chegou ao Moto Club no dia 4 de junho e ficou no comando do clube por 45 dias. Mas não via a cor do dinheiro há quase um mês. Segundo o treinador, o presidente deixou a dívida acumular a R$ 9 mil. E não é só ele que não tem recebido.

“O Moto Club está passando por um momento difícil. Os jogadores também estão com salários atrasados. Tem jogador que não recebeu os meses de maio e junho. Aqueles que acabaram de chegar, ainda não receberam”, contou o treinador ao Portal FI.

Mesmo nesta situação, sem dinheiro e preso em um hotel há seis dias, Abel Ribeiro ainda tem esperança e já sabe quando o tormento pode acabar.

cleberverde.jpg“Eu tenho falado com o Carlos Henrique (diretor de futebol) e ele disse que o presidente virá amanhã (quinta-feira) para pagar esta dívida com o hotel. O presidente ficou de pagar. É que ele mora em Brasília. A gente tem que dar um voto de confiança a ele. Mas nosso lado está bastante complicado”.

“Se ele (Cléber Verde – foto -) tivesse pago tudo, eu mesmo pagaria a diária. Mas ele me deu apenas metade e não teria jeito de eu pagar o hotel”, finalizou Abel Ribeiro ao Portal FI.

Se como jogador, Abel Ribeiro rodou o Brasil, como técnico ele ficou grande parte de sua jovem carreira no Sul, onde comandou o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande.

O BLOG tentou ouvir o diretor de futebol do Moto, Carlos Henrique Paixão, mas ele não atende ao celular.

Agência Futebol Interior

13 comentários para "Demitido, técnico do Moto é preso em hotel"

  • Motense Atento

    Zéca me diga o q ainda falta acontecer com o Moto.Agora virou má notícia nacional,o que esse vice boliviano Carioca q com o Moto,já que ele que ficou responsável pelo pagamento do hotel,mas na hora de aparecer nos jornais e querer da entrevista em nome do moto.É o primeiro a aparecer,sai fora semi analfabeto,ave agourenta,o moto não é tua casa,espero que essas coisas não contribuam para tirar o foco dos jogadores para a partida de hoje contra o jv,já que com o salário atrasado já fica dificil,mas vamos lá papão vc é maior do que tudo isso,Cariocas e Cleber passam vc é eterno. FORA CARIOCA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • TORCEDOR

    ESSES TIMES DA CAPITAL QUANDO NÃO FAZ VEXAME EM CAMPO
    FAZ VERGONHA AO POVO MARANHENSE, NAS MANCHETES DOS
    PRINCIPAIS JORNAIS DO PAIS COMO CALOTEIRO PODE?

  • ACR Motense

    Se a história for verdadeira (e tudo indica que é), temos mais uma prova de que o Moto está abandonado, largado, sem comando, sem futuro. E toda esta situação – não há dúvida – reflete diretamente no desempenho do time dentro de campo. Por isso o histórico reabaixamento no fraquíssimo campeonato maranhense, que o Moto, noutros anos, cansou de ganhar, mesmo com times inferiores aos de seus adversários. Por isso a campanha sofrível neste ano, em que a equipe conseguiu, até agora, apenas 2 vitórias em 14 jogos disputados.
    A verdadeira torcida motense tem de reinvindicar o Moto para si. Chega de dirigentes de ocasião. Chega de políticos. A revolução tem que começar com a EXPULSÃO desses senhores Verde e Carioca do comando do clube.
    Dignos Conselheiros, tomem vergonha na cara, convoquem uma reunião e acabem com o mandato desse senhor, que só tem manchado a gloriosa história do Moto Clube de São Luís.

  • Ricardo

    Vcs querem o que ? Uma diretoria que tem Kleber Verde e um enrolão chamado Carioca…
    Só no triste futebol do Maranhão.

  • Tímon ressuscitado.

    Adimito que muitas vezes tenho sido um contumaz crítico do nosso futebol e das coisinhas pequenas e típicas da terra. Embora as muitas mazelas aqui encontradas encontrem ressonância em outros estados da federação, em particular, há coisas que nos são absolutamente peculiares e nos envergonham profundamente. Quando critico a má administração do nosso futebol, os mausoléus caiados denominados de estádios, logo veem os plantonistas, bloguistas restritos à fronteira da ignorância, muitos dos quais sem nenhum fundamento de qualidade, a rebater, em vão, os pontos críticos levantados. Contudo, é claro, claríssimo, os poréns que aqui ocorrem em demasia, que não se verificam em outros estados. Impressionante a forma anti-profiisional, desleixada, absolutamente criminosa com que os homens que estão à frente do nosso futebol o trate como se fosse o seu próprio campo de devassidão. Políticos, que sequer conseguem retirar um esgoto a céu aberto de frente de sua própria residência, aventuram-se a querer o cargo de prefeito. Este último, imagine se tivesse sido eleito!!!! Não admira que tenha apoiado, em segundo turno, outro embusteiro que aí está para enganar o povo e mentir, inclusive, sobre a reforma do combalido Nhozinho Santos. É maranheses, meu povo, estamos fritos!!! Por isso, somos achincalhados lá fora e temos pouca credibilidade. Tudo por conta de alguns celerados que não se envergonham da sua cara-de-pau. É-nos dito que vivemos em um estado em que não há lei, onde se faz o que bem entende e pouco podemos refutar. Não é exclusividade nossa, pero que hay, hay… Infelizmente pouco podemos esperar de alguém como Cléber Verde, João Castelo e tantos outros, irmanados pelo descaso, alheios às necessidades da população. Mas existem pessoas que ainda acreditam em leitinho, passagem de ônibus e fardamento de graça. São os mesmos que também acreditam em papai noel, mula sem-cabeça e saci pererê. Por essa e outras, poucos são os bons profissionais que desejam aventurar-se em terras timbiras. Nossa bagunça generalizada, o nosso atraso secular, nos rouba as oportunidades que, em outros rincões, jamais seriam elemento de desprezo. Ficamos para trás em tudo!!! Quatrocentos anos de história jogados no lixo. Maranhão quem te viu quem te vê, meu torrão esquecido no Tártaro.

  • Fernando Soares

    UM PROFISSIONAL SERIO E EXEMPLAR COMO É ABEL DE SOUZA RIBEIRO NÃO PODERIA PASSAR POR ESTE TIPO DE PROBLEMA.
    ONDE ESTÁ A TORCIDA DO MOTO?
    NÃO SENTE VERGONHA DE TER UM PRESIDENTE COMO ESTE VERDE?
    AQUI NO SUL ISTO NÃO ACONTECE POIS SE ISTO CHEGAR PERTO DE ACONTECER A TORCIDA TOMA SUAS PROVIDENCIAS.
    O QUE ESTE HOMEM FEZ PARA O MOTO ATÉ HOJE? CONTRATAR , NÃO PAGAR E AINDA PRENDER SEUS PROFISSIONAIS?
    QUANDO UM HOMEM FAZ ISTO PARA UM CLUBE COMO PRESIDENTE O QUE NÃO FAZ COMO POLITICO?
    SEI QUE NO MARANHÃO TEM UM POVO BOM E BATALHADOR ENTÃO COMO AMIGO DE ABEL PESSO FAÇAM ALGUMA COISA BANAM ESTE VERDE DO FUTEBOL E DA POLITICA O POVO NÃO MERECE UM HOMEM DESTE NO QUE O NOSSO POVO MAIS AMA QUE É O FUTEBOL SERÁ QUE ESTE SER JÁ FEZ ALGO DE IMPORTANTE COMO POLITICO PARA O ESTADO OU SÓ PARA SI.
    ONTEM ME DEU PENA DA FAMILIA DE ABEL OUVINDO NAS RADIOS DE FLORIANÓPOLIS AO VIVO DURANTE A JORNADA AVAI E GREMIO O ABEL CONTANDO SEU DRAMA QUE ESTA VIVENDO NO MARANÃO.
    QUEM CONHECE ABEL COMO EU CONHEÇO SABE COMO É DURO UM PROFISSIONEL DE SEU NIVEL PASSAR POR ISSO.
    AQUI NO SUL SE PRENDE BANDIDO NÃO TRABALHADOR ONDE ESTA O PODER PUBLICO DESTE ESTADO?

  • PAULO

    AÍ VOCÊS RECLAMAM QUANDO APARECE UM JOGADOR QUE NÃO SABE NEM SE A BOLA É REDONDA OU QUADRADA.
    ISTO PASSANDO NO BRASIL INTEIRO QUEM QUER JOGAR NUM TIME DESTE? SÓ O ZÉ COQUINHO NÉ?
    HÓ SE VOCES QUIZEREM AQUI NA MINHA RUA TEM UM 10 MOLEQUE QUE JOGAM BEM QUEREM CONTRTA?
    SÓ NÃO PODE DEIXAR PRESO NÉ? QUE VERGONHA,
    ETA TIMINHO DE MEIA TIJELA VAI PRA SÉRIE ZZZZZZZZZZZZZZ

  • joão pedro

    Sem cometários, “VERGONHOSO”

  • Motense Atento

    Vergonha essa é a melhor palavra que posso expressar para fatos que como esse que mancham a história do Moto e do futebol maranhense,pessoas como este Carioca que ficou responsável pelo pagamento da hospedagem do técnico,deixe isso acontecer e o pior deixar que isso aconteça e se transforme em anedota a nível nacional,a minha vergonha não é com a instituição Moto Club,mas sim com esse dirigente,se é que se pode chamar esse semi analfabeto de dirigente,que deixou que acontecesse um fato lamentável desse com o nome do Moto.Carioca,Moto é uma paixão respeite,peça pra sair,no Moto não tem lugar prá vc,saia ou a torcida rubro negra vai te tirar, e esquece sua vida política pois pensa que vai se eleger com a ajuda da torcida rubro negra como já disse uma vez,NUNCA,sai fora aproveitador,seus dias na politica e no futebol,já tem data de validade vencida,peça prá sair,seu ciclo já acabou,será que vc deita e dorme tranquilo,com as coisa ruins que fez com o moto,não achincalhe o nome do Moto,FORA CARIOCA.
    MOTO É PAIXÃO,VC NÃO SABE A GRANDEZA DO MOTO,RESPEITE E PEÇA PRA SAIR,SEMPRE MOTENSE,AONDE O PAPÃO ESTIVER E NA SITUAÇÃO QUE ESTIVER.

  • raimundo

    EUGÊNIO RODRIGUES, DR. PEREIRA DOS SANTOS ,J. PINTO , DEPUTADA GRAÇA PAZ , JANDIR, DRA. JULIA e outros + , resgataram o MOTO de uma crisa tenebrosa com muito amor e trabalho…. 1 só ( CLEBER VERDE) que ainda trouxe 1 sampaino como vice, diz está com o mesmo expediente destruiu a nível local( 2ª divisão) e se ñ bastasse agora a nivel nacional, q é pior pq a corpo passa + a imagem fica por muito tempo, o + grave é q ele diz q vai ficar até dezembro, então tomemos consiência q ñ vimos tudo ainda. Nen mesmo isso nos fz sentir vergonha de fazer parte dessa gloriosa nação rubro-negra. Vamos ao estádio hoje e domingo

  • José Carlos Pereira Martins

    ESCANDALOS ATÉ QUANDO!

    Enquanto Ferdinando enaltecia o nome do Maranhão Esportivo, vestindo a gloriosa camisa do Avaí e, mostrando aos catarinenses o talento do atleta maranhense, mesmo sem ter passado por nenhuma euqipe timbira; o técnico Abel Ribeiro deitava falação sobre a direção do Moto Club de São Luis, que o deixara preso em um Hotel da capital gonçalvina, por falta de pagamento de despezas. Que vergonha! Deixa de ser verde, Kléber e passa a ser vermelho e preto. O Maranhão não merece ser envergonhado por políticos incompetentes. Já chega de escandalos envolvendo a política maranhense. Arri égua!

  • THIAGO

    POR ISSO EU SOU CONTRA ESSES TIMES Q VIVEM D PASSADO. AHAHAH. Q VERGONHA PARA O POVO MARANHENSE. ISSO SIM E VERGONHOSO. ERA PARA TER CEDIDO A VAGA PARA O BEC. ASSIM NAO PASSAVA ESSA VERGONHA. AHAHA KK. FURIA DO MEARIM.”A MAIOR DO MARA”.

  • Adauto da fonseca e Silva

    Zeca
    Fiquei muito triste com os comentarios da imprensa, em colocar o técnico despensado abel ficou preso no hotel por falta de pagamento. Veja bem, esta situação é constrangedora, se trata em primeiro lugar de um ser humano e de uma pai de familia, isso so poderia acontecer no moto, que tem um presidente inrresponsavel que trata as coisas publicas com inrresponsabilidade. Fique tranquilo Kleber Verde eu como motense farei a sua campanha, espere, você sabe que nunca mais se elege para nada por isso fez o que fez como o meu moto, levando para pior fase de sua vida, e como prêmio deixou na segunda divisão. Zeca o técnico não tem culpa toda diretoria sabia que o abel era supervisor, como eles não tinham o dinheiro colocou o rapaz neste furada, querendo tampar o sol com a peneira, como estar também com este tal de Silvio que nunca foi treinador em lugar nenhum.
    Adauto sempre alerta