Águia firma pacto por vitória

Sem vencer na Série C desde a terceira rodada, quando derrotou o Luverdense-MT por 2 a 0, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, os jogadores do Águia firmaram ontem pacto pela vitória sobre o Sampaio Corrêa-MA, adversário do próximo sábado, em Marabá.

O treino, que estava previsto para 9 horas, só começou às 10 horas. Durante uma hora, o técnico João Galvão e os jogadores conversaram sobre a ‘decisão’. O zagueiro Edkléber, que está de volta ao time após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, garante que o time vai buscar a vitória dentro de casa.

‘Acho que a nossa postura dentro de campo vai mudar em relação aos últimos jogos. A nossa disposição está 100%. Todo mundo quer entrar no jogo com essa disposição, com esse momento. Em alguns jogos em casa, a gente vacilou. O Galvão está procurando corrigir os erros e é fundamental essa disposição, essa vontade. Temos que ir para cima (do Sampaio Corrêa) para conseguir essa vitória’, declarou o defensor.

Edkléber acredita que, com o pacto firmado, o Águia voltará a vencer. ‘A gente conversou, todos falaram, firmamos um pacto, um compromisso, de correr e lutar dentro de campo. Vou procurar fazer sempre o meu melhor, mas em alguns jogos não consegui jogar bem. Quando um jogador cresce, ajuda o grupo e chega aos seus objetivos, como a conquista de títulos, por exemplo’, disse o zagueiro.

O volante Analdo endossou as declarações do companheiro: ‘Nosso objetivo era alcançar a vaga antes destas duas últimas rofadas, infelizmente não deu. Agora temos que nos concentrar ao máximo para não deixar escapar a segunda colocação. Se jogarmos assim, temos tudo para ganhar do Sampaio e ficarmos mais perto do nosso objetico’, avaliou o jogador.

Depois do Sampaio Corrêa, em casa, o Águia encerra sua participação no Grupo ‘A’ da Terceirona jogando na Arena da Floresta, no dia 2 de agosto, contra o Rio Branco-AC. O Azulão é o segundo colocado da chave, com dez pontos, e precisa vencer o time maranhense para continuar a depender somente de seus resultados para garantir vaga no mata-mata da competição.

O Liberal

5 comentários para "Águia firma pacto por vitória"

  • Tímon ressuscitado, e como Tímon falando sempre a verdade!

    Tenho dito sempre e repito que há uma linha tênue entre o orgulho paraense e os seus delírios. Acham-se os tais na região – os melhores em tudo. Para eles nada se assemelha a sua capital suja e promíscua, a sua culinária de gosto duvidoso em alguns pratos, o seu rítimo musical sem igual e de duvidosa qualidade e as suas mulheres quentes. Tá certo, orgulho bem dosado não é ruím, mas a verdade é que soa arrogância até porque, como bem sabemos, os indicadores de violência e prostituição no Pará são superiores e mui superiores a dos outros estados da região. Assim, é de muito mal gosto que mantenham um discurso debochado e sem nenhum respeito a quem quer que seja. Pena que alguns torcedores maranhenses, em função de suas paixões clubistas cegas, não enxerguem isso a fim de reagir, em conjunto, a favor de qualquer clube local em detrimento da arrogância paraense. Tacacá pode ser bom para quem está acostumado a degustar algo estranho e transbordar pela boca – sugestivo, bem sugestivo para quem, com a boca, derrama delírios e solve algo gosmento. Se o Águia ganhar (em campo e com lisura) do Sampaio, e olha que não será difícil acontecer, não terá feito nada demais. Se não for possível assim, bastar recorrer aos métodos paraenses de arbitragem – deu na mídia nacional, não sou eu quem digo, lembram do caso Tuna Luso… – pois é, estão com a faca e o queijo na mão, também na mão os bandeirinhas, o juiz, os dirigentes, os torcedores, os matadores de campesinos (e como tem) e por aí vai. Exército de mal caráter atrelado a sua arrogância costumeira não lhes faltará nunca.

  • Harold

    capital suja e promíscua= Maranhenses que la residem fazem parte dessa triste realidade, basta ir aos presidios e boates para verficar Tacacá= deves todo fim de semana comer sushi
    Acho que vc nao deve ter conseguido uma “boca” na vale e tens essa magoa profunda de Paraense ou entao fostes picado e o calombo na tua testa ainda arde…
    Qual a dif. entre Para’,Maranhao,S.Paulo ou qualquer outra capital brasileira hoje???? tens que te preocupar em somente torcer por teu clube ai do Maranhao e parar de se preocupar com babaquices insanas.

  • Frederick Brandão

    Rapaz, quanto tolice! Bom, deixa pra lá. Estive hoje no campo do Ct Carlos Maciera e gostei do treinamento. Mais uma vez pude notar a diferença entre o treinador atual e os anteriores. Como eu disse para um amigo, pude mais uma vez me estranhar ao ver os jogadores da bolívia ‘treinando mesmo’. Se isso não resultar num bom trabalho, e quiçá numa classificação, não sei mais o que daria. Só lamento termos encontrado um técnico de verdade praticamente na ultima hora. Vi fernandinho correndo uma barbaridade. Arrisoco dizer que temos uma ótima chance para o jogo contra o aguia.

  • Tímon ressuscitado.

    Tá certo, por venturas és uma avestruz o tal Harold!!! O problema é que não acompanhastes os posts anteriores quando os teus conterrâneos vieram aqui, sem nenhum respeito, falar das nossas mazelas e dizerem que já estávamos perdidos antes mesmo de começar o campeonato porque tudo aqui era pior que no Pará. Ou seja, pimenta só para nós não é mesmo!!! Ademais, falei a verdade, pois quem disse isso foi a Rede Globo e não eu no jornal da globo – vá se queixar a eles. O problemea é saber se vc vê o que presta na TV ou as novelinhas de ocasião. Para completar em enquete faita pela revista Playboy em 1998 escolheram paraenses a mais quente, ou seja, não é coisa minha. Agora, que tacacá é ruím isso é, mas vcs acham uma maravilha e querem que agente engula também a cerveja da terrinha como se fosse a melhor. Tenha santa paciência!!! Só quem morou no Pará sabe o que digo. Há gente boa e ruím em qualquer lugar, mas que sobeja exaltação por lá isso é verdade. Assim, não é pecado ter amor em excesso o que soa ruím é o desprezo. Quando mandamos de volta vocês se zangam. Quanto a rbitragem na série C tu deves ser a pessoa mais desinformada da terra, pois foi matéria veiculada em nível nacional sobre as maracutais feitas no Pará – vá consultar a internet. Para finalizar, Tímon sempre será Tímon, acusando o que deve ser acusado, defendendo o que de ser defendido.

  • Harold

    Globo?? quem perde tempo com ela, realmente e’ quem nao tem o que fazer.

    Que fase a de vcs, hein!!! vivem de quexinhas e ao que parece vao continuar assim por muito tempo. Pouco ligo para esses Bairrismos quanto aos Paraenses que por aqui pintam para falar bobagens, estao cheios desses tipos ,seja em Belem ou em S. Luis.

    Falar em Maracutaia vc deve ser bem mais informado do que qualquer um que more fora de S. Luis. Mas isso n me interessa..meu negocio e falar de Futebol somente e na boa..abcs e sorte..muita sorte nas proximas rodadas.