Uma semana de vida ou morte

Quem disse que o adversário estava morto, terá que rever os seus conceitos. O Sampaio Corrêa (MA), próximo adversário do Águia de Marabá no Campeonato Brasileiro da Série C, resolveu, nos moldes de uma fênix, “ressurgir das cinzas”, depois da vitória por 4 a 2 em cima do Rio Branco (AC), na tarde do último sábado (18). Então, o Azulão terá uma semana decisiva, e de muita pressão para enfrentar os maranhenses no próximo sábado (25), em jogo de vida ou morte para as suas pretensões na competição nacional.

O grupo se reapresenta para os trabalhos na manhã de hoje, depois de folga no final de semana. Mas esses dias sem treinamentos foram diferentes. Os atletas não foram liberados para sair de Marabá. O objetivo era manter a concentração no próximo adversário, que acumula sete pontos na Terceirona – três a menos que os marabaenses e lutam para não cair para a Série D.

João Galvão terá até sábado para definir o time que enfrentará a “Bolívia maranhense”. O treinador pode até estar usando de mistério, mas o que parece é que o esquema a ser usado para o jogo vem tirando o sono. “O 4-3-3 não deu certo. Não posso me expor demais. Só se me der ‘uma louca’ momentos antes da partida. Treinamos no 4-4-2, que me agradou muito. Mas devemos mesmo é continuar no 3-5-2”, revelou o “bocudo”.

Outra mudança que já estava como certa era a saída dos alas Léo Rosas e Edinaldo, para a entrada de Sinésio e Marcondes. Mas Galvão agora adota um discurso de cautela quanto às substituições. “Ainda vou decidir no decorrer da semana”, disse.

Diário do Pará

Uma resposta para "Uma semana de vida ou morte"

  • THIAGO

    VAI MORRER OS DOIS. AHAHA KKKKKKKK. UM TA NA LANTERNA OUTRO TIME TA NA SEGUNDONA. AHAHA KKKK FURIA DO MEARIM. “A MAIOR DO MARANHAO”.