Paysandu e Luverdense empatam de 1 a 1

O Luverdense ainda manteve as chances de classificação nesta quarta-feira. A equipe empatou com o Paysandu-PA, por 1 a 1, fora de casa, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Com este resultado, o Paysandu chegou aos onze pontos e se manteve na primeira colocação do Grupo A. Já o Luverdense está na quarta colocação, com oito pontos. Além de sonhar com a classificação, o Águia-PA está na segunda colocação com dez pontos, a equipe torce por tropeços do Sampaio Corrêa-MA, que está na lanterna com apenas quatro pontos. O problema é que Paysandu e Luverdense têm apenas mais um jogo para fazer nesta fase.

O nome da muralha é Ronaldo

Apesar do Paysandu jogar com o apoio de sua torcida, quem criou a primeira oportunidade gol foi o Luverdense. Aos 11 minutos, o perigoso atacante Paulinho Marília invadiu a área e chutou forte, mas o goleiro Paulo fez boa defesa.

Aos 14 minutos, Zeziel tentou o lançamento para Zé Carlos, mas o atacante não conseguiu dominar a bola. Aos 23 minutos, Vélber cruzou para a área e o zagueiro Rogério Corrêa cabeceou para fora. Depois o que se viu foi o goleiro Ronaldo praticar lindas defesas, garantindo o empate sem gols na primeira etapa.

Dadá cruzou na cabeça de Zeziel, que desviou a queima-roupa, mas o goleiro Ronaldo estava atento e praticou um verdadeiro milagre. Aos 30 minutos, o arqueiro do Luverdense, que aliás é de Belém e que jogou vários anos no Paysandu, salvou novamente em uma cobrança de falta do meia Vélber.

O meia voltou a assustar aos 34 minutos em chute de longa distância, mas parou novamente no goleiro Ronaldo. Cinco minutos depois a última chance do primeiro tempo. Vélber cruzou fechado e Ronaldo praticou boa defesa.

Começo eletrizante e só!

A segunda etapa começou bastante movimentada, com o treinador Tarcísio Pugliese mostrando ousadia ao manter seu time no ataque. Mas foi o Paysandu quem começou assustando. Logo aos cinco minutos, Vélber cobrou falta e Ronaldo voltou a fazer grande defesa, mas aos oito minutos não teve jeito para a muralha do Luverdense. Vélber recebeu bonito lançamento e tocou com categoria na saída do goleiro, que não tinha o que fazer.

Mas a alegria da torcida durou pouco. No minuto seguinte, Paulinho cruzou para dentro da área do Papão e Wellington Semião subiu livre para deixar tudo igual. No domingo, Semião já havia feito os dois gols do Luverdense na vitória sobre o Águia e vem se mostrando o melhor jogador do time.

Aos 15 minutos, Zeziel perdeu grande chance para o Paysandu, ao mandar a bola para fora. Na sequência, quase que o Luverdense faz o segundo. Paulinho Marília arriscou o chute e o goleiro Paulo fez grande defesa.

Aos 27 minutos, Dada e Balão fizeram uma boa tabela e a bola foi cruzada na área, mas o zagueiro Zé Roberto afastou para fora. Na sequência, Michel cobrou falta e mandou por cima do gol de Ronaldo. Aos 38 minutos, Rogério Corrêa arriscou de fora da área, mas pegou muito mal e mandou para fora. Aos 48 minutos a última chance do jogo. Bernardo cruzou para a área do Luverdense, mas Ronaldo saiu bem e fez tranqüila defesa, assegurando o empate.

Próximos jogos

Na nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Paysandu não vai entrar em campo. Já o Luverdense vai enfrentar o Rio Branco-AC, dia 26 de julho, no Estádio Passos da Ema, às 18 horas.

Ficha Técnica

Paysandu 1 x 1 Luverdense

Local: Estádio Curuzu, em Belém – PA
Árbitro: José Henrique de Carvalho – SP
Cartões Amarelos: Bernardo e Rogério Corrêa (Paysandu); Simeão, Macaé, Ronaldo, Zé Roberto e Felipe (Luverdense)
Gols: Vélber aos 9’/2T (Paysandu); Wellington Semião aos 10’/2T (Luverdense)

Paysandu
Paulo Wanzeler; Paulo de Tárcio, Rogério Corrêa, Bernardo e Aldivan; Mael, Dada e Vélber (Michel); Zeziel, Torro (Balão) e Zé Carlos (Zé Augusto).
Técnico: Valter Lima

Luverdense
Ronaldo; Bogé, Airton, Zé Roberto e Macaé; Paulinho (Odil), Felipe, Wellington Semião e Maicon Gaúcho; Paulinho Marília (Leandro) e Butti (Fabinho).
Técnico: Tarcísio Pugliese

Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "Paysandu e Luverdense empatam de 1 a 1"