Luverdense quer bater outro paraense

O Luverdense deixou a cidade de Lucas do Rio Verde-MT na sexta-feira, 10. Até chegar a Parauapebas, onde enfrentou o Águia, o time contabilizou mais de 10 horas de viagens desgastantes. Mesmo assim, a equipe mato-grossense não deu chances aos donos da casa e, com 2 a 0, reanimou-se na competição e manteve as esperanças de classificar à fase eliminatória da Série C. Agora com 7 pontos e na quarta posição da tabela, o Luverdense pretende manter a boa fase e surpreender o Paysandu nesta quinta-feira, para fechar com 100% sua excursão no Pará.

A equipe comandada pelo técnico Tarcísio Pugliesi chegou a Belém na manhã de ontem, hospedando-se no hotel Sagres. Já na capital paraense, a primeira ordem foi descansar para tentar regenerar os jogadores que vieram de uma verdadeira maratona. O time, que chegou com poucas chances, retomou a confiança depois de bater o Águia. Agora, a missão é um pouco mais árdua: derrubar o Paysandu, que venceu todas as partidas jogadas na Curuzu.

‘Não vínhamos conseguindo bons resultados, mesmo nas partidas em que jogávamos bem, mas agora conseguimos uma boa vitória. Enfrentar o Paysandu sempre é difícil, ainda mais jogando em Belém’, disse o técnico. O único desfalque da equipe é o zagueiro Marquinhos, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Jornal Amazônia

Seja o primeiro à comentar em "Luverdense quer bater outro paraense"