Foi sofrido, mas o Sampaio venceu a primeira

sampaioeluverdense210609.jpgNão foi como todo mundo gostaria, mas na base do sufoco, o Sampaio fez 1 a 0 contra o Luverdense-MT e marcou os seus três primeiros pontos no Campeonato Brasileiro Série C. Mesmo com a vitória, o Sampaio permanece na 4ª colocação do grupo “A”, com 3 pontos ganhos. O gol da vitória foi marcado por Juninho, aos 36 minutos do 2º tempo.

Outra vez, o mau comportamento do torcedor poderá atrapalhar o Sampaio. Um torcedor invadiu o campo e tentou agredir um dos assistente que levou um arranhão no pescoço. O torcedor foi identificado e levado preso. Um outro torcedor jogou um tênis na direção de um zagueiro do Luverdense que recolheu o objeto e mostrou ao árbitro.

Ainda pelo grupo “A”, Águia e Paysandu empataram por 2 a 2. O Águia segue na liderança com 10 pontos. O Paysandu é o 2º com 7 pontos. O Rio Branco segue na 3ª colocação com 3 pontos ganhos seguido pelo Sampaio na 4ª colocação também com 3 pontos, mas perde no saldo de gols. O Luverdense é o lanterna e ainda não marcou nenhum ponto sequer.

A próxima rodada acontece no domingo (28). O Sampaio enfrenta o Rio Branco, no Estádio Arena da Floresta, no Acre. O Luverdense recebe o Paysandu em Lucas do Rio Verde.

Primeiro tempo

O Luverdense chega numa boa troca de passes logo a 5 minutos. Maicon Gaúcho recebe completamente livre na entrada da área e passa para Leandro que chuta, mas Tica salva para escanteio.

O primeiro ataque do Sampaio só acontece aos 11 minutos.  Daílson cruza da direita, Léo Guereiro ganha da zaga, mas cabeçeia mal.

O jogo segue sem grande oportunidades. O Luverdense toca melhor a bola, mas é o Sampaio quem perde a melhor chance do jogo. Marcinho vê um espaço no meio da zaga e lança para Jean Carlo. Ele recebe livre na entrada da área, invade, mas chuta para  o goleiro Ronaldo operar um milagre e mandar a bola para escanteio. Na sequência, Jean Carlo bate, Léo ganha de cabeça, mas Ronaldo defende de novo.

Tica se machuca aos 33 minutos. O técnico Edson Porto lança Tiago Miracema e muda o esquema de jogo para o 4-4-3. Cristiano passa a jogar na lateral-direita e Daílson é deslocado para a esquerda. As alterações nada acrescentam no rendimento do Sampaio.

O Luverdense chega perigosamente aos 46 minutos. O volante Felipe recebe de costas para a defesa, gira com facilidade e bate. O goleiro Rodrigo Ramos mergulha no canto direito e salva o Sampaio.

Na saída para o intervalo, o árbitro piauiense é cercado por seis jogadores do Sampaio. Por reclamação, o volante Marcinho recebe cartão amarelo.

Segundo tempo

O Sampaio volta pressionando o Luverdense e disposto a conquistar os três primeiros pontos. Aos 4 minutos a defesa matogrossense falha, a bola sobra para Léo Guerreiro que chuta assustando o goleiro Ronaldo.

Num contra-ataque aos 5 minutos, Lindoval recebe livre, invade a área, mas perde a chance de abrir o placar.

O Luverdense responde aos 8 minutos. Blitz na área Tricolor, Leandro chuta e Rodrigo Ramos defende.

Aos 10 minutos, Tiago Miracema lança Jean Carlo que manda uma bomba da entrada da área. A bola passa perto do gol de Ronaldo.

Aos 11 minutos, Jean Carlos lança Lindoval que recebe livre mas chuta fraquinho e perde outra oportunidade.

No minutos seguinte é a vez de Lindoval servir  a Jean Carlo que chuta forte, a bola explode no peito do goleirão Ronaldo.

O Sampaio segue pressionando. Aos 15 minutos, Lindoval lança Léo Guerra que recebe mas se atrapalha e finaliza errado na cara de Ronaldo.

A estrela do goleiro Ronaldo continua brilhando. Aos 18 minutos, Daílson lança na área, a bola sobra para Tiago Miracema que chuta forte, mas o goleiro do Luverdense estava lá outra vez.

Aos 20 minutos, um torcedor vestindo a camisa do Sampaio invade o campo e tenta agredir um dos assistente que sofre um arranhão no pescoço. O torcedor é preso e levado a uma delegacia.

Aos 27 minutos, um outro torcedor joga um tênis na direção de um zagueiro do Luverdense que pega o objeto e mostra ao árbitro piauiense.

Aos 29 minutos, o Sampaio corre contra o tempo, mas parece perdido em campo. O árbitro marca escanteio e ninguém aparece para a cobrança. A torcida fica enlouquecida.

Aos 36 minutos, sai o gol salvador. Daílson lança Juninho que chuta. A bola desvia na zaga e desta vez o goleiro Ronaldo não consegue defender. Sampaio 1 a 0.

Com o gol, o Luverdense se lançou ao ataque, mas a defesa do Sampaio bem posicionada tirava todas. Placar final 1 a 0 para o Tricolor.

5 comentários para "Foi sofrido, mas o Sampaio venceu a primeira"

  • José Carlos Lobato Oliveira MAQUENO

    Rapaz, milagres existem.

  • lima

    Foi sofrido mais o Sampaio venceu a primeira e UNICA partida do Brasileiro….
    P Q jogando em kza com um time muito ruim como esse luverdese e vencer só
    por ( 1 a 0 ) é sinal q a bolivia ta muito fraca….Abri o olho presidente FROTA
    seja mais humilde p q seu TIME não ta com essa bola toda…É QUARTA DIVISÃO COM CERTEZA!!!

  • THIAGO FURIA DO MEARIM

    GANHOU NA MARRA. AGORA Ñ VAI MAIS FAZER OS DOIS JOGOS Q RESTAM NA SERIE C DENTRO DO CHIQUEIRO. BEM FEITO. HAHA KKKK. FURIA DO MEARIM”A MAIOR DO MARANHÃO”.

  • Luiz Boliviano

    Zeca, o torcedor não jogou o tenis no campo de jogo, o que acontece foi que ele chutou a bola que tinha ido em direção a arquibancada de volta para o campo e o tenis foi junto. Aí o zaqueiro do luverdense insinuou que o torcedor teria jogado o tenis no campo. A torcida ainda ficou revoltada com o atleta do luverdense.
    Aquele torcedor que invadio o campo e agredio o assistente, ele não é torcedor do Sampaio pois, torcedores do Sampaio são aqueles que foram para o estádio apoiar o time, criticar, chingar… aquelas coisas de torcedor, agora aquele cara que invadio o campo, esse não é torcedor, muito menos do Sampaio.

  • Cláudio Lima

    Caro Zeca.

    Voce se equivocou ao citra: “Um outro torcedor jogou um tênis na direção de um zagueiro do Luverdense que recolheu o objeto e mostrou ao árbitro.”

    Eu estava na arquibancada e o que realmente aconteceu foi que o torcedor do sampaio ao chutar a bola (que havia sido arremessada apos chute bizonho de T. Miracema) lançou sem tenis que estava folgado no pé. O mesmo foi atras para reave-lo e o zagueiro do luverdense quis engfanar o arbrito.

    A torcida do sampaio tem se comportado, o que aconteece e que existem torcedores motense que estão no estadio e ficam fazendo baderna.

    Uma pena.

    Obrigado pela atenção

    Sampaio Eu te amo.