Brincando de fazer futebol

Faltando 20 dias para a estreia no Campeonato Brasileiro Série D, contra o São Raimundo, em Santarém-PA, o Moto ainda continua sem time. A única providência tomada após o rebaixamento para a 2ª divisão foi a contratação do técnico Abel Ribeiro.

No momento da contratação do novo treinador, Cleber Verde soube utilizar muito bem o microfone das rádios para iludir mais uma vez a torcida rubro-negra. Alguém precisava ter dito ao presidente que não conhece nada de futebol, que técnico sozinho não ganha jogo. Para piorar a situação, prometeu um time forte, competitivo e capaz de chegar à Série C. Será?

Ontem, tive a oportunidade de conversar com vários dirigentes e conselheiros do Moto. É incrível, mas a opinião é unânime: Cleber Verde está atrapalhando o Moto. Perguntei: E então porque vocês não falam com ele para sair? Ficaram todos mudos e deram aquele soriso meio que sem graça.

O vexame do rebaixamento para a 2ª divisão do Maranhense não serviu de lição para o presidente Cleber Verde. E não seria diferente, ele foi covarde e sequer ficou no estádio para viver ao lado do torcedor o pior momento da história do clube.

Pelo visto, Cleber Verde está disposto a fazer mais. Mesmo com a mãozinha da Federação e dos outros nove clubes que aprovaram a realização da 2ª divisão do Maranhense ainda este ano, o Moto continua brincando de fazer futebol profissional e pelo andar da carruagem é bom a torcida abrir os olhos ou do contrário, o Moto sequer retornará à 1ª divisão. Aí o vexame seria ainda maior.

Reforço para o futuro

O meia Jeferson, de 20 anos, que andou pelo “Palmeiras B” está sendo anunciado como reforço para o Campeonato Brasileiro Série D. Há quem diga que é um jogador diferenciado e que promete encher os cofres rubro-negros de dinheiro, mas no futuro. E o futuro do Moto só Deus sabe.

Mas tenho uma convicção: se o Jeferson for realmente este “craque do futuro”, lá na frente o Moto não ganhará nada porque deverá fazer como Misael, Douglas, Gabriel e muitos outros que foram embora de graça e o clube continua com o pires na mão.

Bom, não costumo duvidar do futebol de ninguém, mas vou pagar para ver chover dinheiro. Este jogador “diferenciado” não vem ou não fica no Maranhão. Basta lembrar que o craque do Ano, Romarinho, do JV Lideral está saíndo para o futebol europeu.

8 comentários para "Brincando de fazer futebol"

  • ACR Motense

    É isso mesmo, Zeca, bate forte nessa diretoria amadora!

  • Arley

    SICERAMENTE, O FUTEBOL DO ESTADO DO MARANHÃO ESTÁ MORTO HÁ MUITO TEMPO, ALIÁS, COMO DE RESTO, MUITA COISA,- VIVA CAPRICHOSO E GARANTIDO EM PLENO MÊS DE SÃO JOÃO!!!! ESTÁ MORTO E O QUE EXISTEM SÃO FANTASMAS, NADA MAIS. NÃO DÁ PARA DANÇAR O SAMBA DO CRIOLO DOIDO – MELHOR IR PARA CAMPINA GRANDE OU CARUARÚ ARRASTÁ O PÉ.

  • Natanael Duarte

    Caro Zeca,

    Primeiro gostaria de agradecer por ter publicado a minha homenagem ao JV Lideral. Sou motense, mas acima de tudo maranhense, e fiquei muito feliz com a conquista do JV Lideral, pois foi um alento de que o futebol maranhense ainda tem jeito. Todos os clubes, inclusive o Moto, deveriam se espelhar no exemplo do JV Lideral. O Tricolor de Camçari deu uma verdadeira aula de como se faz futebol, com seriedade, organização e compromisso. Fiquei mais feliz ainda que esta conquista veio provar que “santo de casa faz milagre”. Vamos acabar com esta história que só o que presta é o que vem de fora. JV Lideral foi campeão com um elenco recheado de jogadores maranhense, muitos revelados no clube, e um técnico maranhense. O que adianta contratar um técnico de fora e uma carrada de jogadores que não tem compromisso com o clube, alguns em final de carreira. Espero que isto sirva de alerta para o Moto (que está dormindo em berço esplêndido) e torço para que o JV Lideral represente bem o futebol maranhense na Copa do Brasil e na Série D.

    abraços,

    Natanael

  • DOMINGOS LOBATO

    CARO,ZECA, ESSES DIRIGENTES DO MOTO SÃO INCOMPETENTES, E AINDA NOMEIA 3 DIRETORES DE FUTEBOL INEXPERIENTES E INCOMPETENTES TAMBEM, COISA BOA NÃO DARIA, DO JEITO Q COISA ANDA, MOTO NÃO SOBE P SERIE B DO BRASILEIRO, NEM P SERIE A DO MARANHENSE 2010.

  • Natanael Duarte

    Caro Zeca,

    Primeiramente, gostaria de agradecer por ter publicado a minha homenagem ao JV Lideral. Apesar de estar sofrendo com a queda do Moto Club, a conquista do título maranhense foi um grande alento de que o futebol maranhense ainda tem jeito. Todos os clubes, inclusive o Moto, deveriam se espelhar no exemplo do JV Lideral. O Tricolor de Camaçari deu uma verdadeira aula de como se faz futebol, com seriedade, organização e compromisso. Fiquei mais feliz ainda que esta conquista veio provar que “santo de casa faz milagre”. Vamos acabar com esta história que só o que presta é o que vem de fora. JV Lideral foi campeão com um elenco recheado de jogadores maranhense, muitos revelados no clube, e um técnico maranhense. O que adianta contratar um técnico de fora e uma carrada de jogadores que não tem compromisso com o clube, alguns em final de carreira. Espero que isto sirva de alerta para os grandes clubes maranhenses e torço para que o JV Lideral represente bem o futebol maranhense na Copa do Brasil e na Série D.
    Alguém saberia informar se tem camisa do JV Lideral à venda nas lojas de Imperatriz?

    abraços,

    Natanael

  • Alex Oliveira

    Eu ja disse enquanto esse verme for presidente do papão vai continuar com essa molecagem
    Fora Cleber Verde

  • Torcedor Consciente

    Caro Zeca, assino embaixo deste teu comentário sobre esta diretoria amadora do MOTO.

  • THIAGO FURIA DO MEARIM

    EU COMENTEI AQUI NO BLOG DO ZECA SOARES PARA O MOTO CLUB FALIDO CEDER A VAGA PARA O BECÃO NA SERIE D DO BRASILEIRO. VAI UMA PÉSSIMA CAMPANHA DO MOTO CLUB. AGORA É TARDE. DINHEIRO Ñ TEM PARA CONTRATAR BONS JOGADORES. HAHAHA KKKK LISEIRA TOTAL. FURIA DO MEARIM”A MAIOR DO MARANHÃO”.