Carreata da vitória

A diretoria do JV Lideral confirmou para as 16h, desta segunda-feira, uma carreata em carro aberto com todos os jogadores para comemorar a inédita conquista do Campeonato Maranhense pelo JV Lideral. Embora tenha perdido por 2 a 1, de virada, para o Sampaio, na decisão ocorrida ontem,  o “Trator do Camaçari” sagrou-se campeão porque poderia perder até por um gol de diferença. A carreta terá como ponto de partida o CT do JV Lideral, na rodovia Pedro Neiva de Santana, povoado Camaçari. O trajeto será a avenida Dorgival Pinheiro passando pelo Centro e retornando ao CT do time.

De Imperatriz, João Rodrigues

5 comentários para "Carreata da vitória"

  • joão pedro

    Venceu quem teve mais competência,mais união e mais vontade de ser campeão, méritos para todos que fizeram do JV LIDERAL a MÁQUINA DE DESTRUIR esquema e armações, futebol se faz é assim. que sirva de exemplo, aos nossos chamados grandes da cidade..É CAMPEÃO e NINGUEM TIRA…..

  • juarez Pinheiro

    Zéca,
    Sugestão de título para a matéria da carreata da vitória do JV LIDERAL

    TRATORADA DA VITÓRIA

    (NÃO PRECISA PUBLICAR)

  • Tratoreiro

    Para quem não conhece Imperatriz e a força da Região Tocantina, uma informação: aqui em Imperatriz não tem somente o JV Lideral, não. Além do Campeão Maranhense 2009, há, no mínimo, mais duas agremições sérias que trabalham nas categorias de base do futebol com garotos bons de bola: Marília e Janduí. Quem não lembra da bela participação do Marília na Copa São Paulo de Fubebol Junior de 2007?
    O título do JV é uma prova de que futebol se faz com seriedade e investimento nas categorias de base. Todos os grandes clubes do Brasil e do mundo fazem isso. É trabalhoso, mas apaixonante e é assim que se chegam aos resultados positivos. Não adiantam os times serem formados apenas para a disputa de um campeonato e depois de desfazerem. Que os grandes clubes do MA tomem isso como exemplo e sigam o modelo do JV. Aqui temos muitos meninos bons de bola. Basta que sejam descobertos e que lhes sejam dada uma oportunidade. Tomara que a moda pegue!!!!!!!!!!!!!!

  • Ricardo André

    Há tempos um colega discutia comigo a incrível trajetória do São Paulo com a enorme quantidade de títulos, fruto de uma longa trajetória de trabalho árduo e sério, pagamentos em dia, orçamento dentro das possibilidades, seriedade na constituição de uma organização esportiva privada.
    O que vemos agora com o JV. Lideral tem semelhanças com os processos de organização esportiva materializadas em clubes que prezam pelo planejamento a curto, médio e longo prazo, os frutos estão sendo colhidos no momento.
    O clube tem CT próprio, qualidade exemplar na sua gestão, respeito ao trabalho do técnico e líder da equipe, aos jogadores, aos patrocinadores, investidores e torcedores, o resultado não poderia ser outro.
    É pena, que momentos como esse, também sejam momentos adequados para venda e empréstimo de jogadores, para que o capital do clube possa ser oxigenado para um novo ciclo dentro das suas possibilidades no futuro a curto, médio e longo prazo.
    Remeto meus parabéns ao clube, ao colega Sandow Feques, que mês passado nos ocnhecemos em palestra proferida pelo mesmo sobre a Lei do Esporte na UNISULMA.
    Espero que num futuro próximo possamos novamente trocar idéias sobre a gestão esportiva no Maranhão, visto ser uma necessidade de urgência para que o esporte nas suas diferentes manifestações sejam possíveis e passíveis de serem realizadas.
    Assumindo o esporte fenomeno social de suma importancia na atual contemporaneidade, que se manifesta de modo cada vez mais plural, com diferentes significados e práticas, podemos fazer deste um elemento de desenvolvimento humano, no qual o esporte profissional também seja uma destas modalidades.
    É pena que essa pluralidade e riqueza de significados, pouco ou nada consegue ser acompanhado pelas políticas públicas de esporte e lazer, visto a última aprontada por clubes de futebol de São Luís.
    Não esqueçamos que o repasse de verbas públicas para organizações esportivas privadas, exige a apresentação dos planos de financiamento e planos de resgate pelos clubes, visto que a ausência disto leva a destituição de seus dirigentes, normatização prevista em lei, vejamos a Lei do Esporte.
    Com isso, insisto e repito, meus parabéns a todos do J.V. LIDERAL, Presidência, Diretoria, Comissão Técnica, atletas, patrocinadores, simpatizantes pela seriedade na gestão do clube e o resultado que sem dúvida alguma iria resultar no título.
    Fica uma lição aos clubes de minha cidade São Luís.
    Ricardo André
    Professor de Educação Física
    Mestre em Gestão Desportiva pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto – Portugal.

  • João Maurício Martins

    Parabens a todos do JV LIDERAL, esta conquista é uma prova : quando se faz um time competitivo, não adianta os esquemas dos imcompetentes da “Ilha”, pois nimguem supera a competência.Que sirva de exemplo…..