Naça quer colocar água no chope do JV Lideral

Com uma super vantagem que lhe permite poder até por três gols, o JV Lideral enfrenta o Nacional, de Santa Inês, hoje, às 15h30, no Estádio Walter Lira, na cidade de Imperatriz. O jogo decide o triangular do segundo turno do Campeonato Maranhense. Para evitar a festa do Trator do Camaçari, o Gavião do Vale do Pindaré precisa vencer por quatro gols de diferença para ser o campeão do returno e se habilitar para decidir o campeonato em dois jogos contra o Sampaio, ganhador do primeiro turno, a partir da próxima quinta-feira.

No triangular, o JV Lideral chega à rodada final como o único invicto. Na sua derradeira partida, mesmo tendo que jogar em campo neutro, goleou o Bacabal Esporte Clube (BEC, por 4 x 2, na cidade de Barra do Corda, quinta-feira passada. O Nacional, nos três jogos que realizou, ganhou um, empatou um e perdeu outro. Na rodada passada, o Gavião bateu o BEC por 1 x 0, também jogando em campo neutro, na cidade de Santa Inês.

O JV é o líder do triangular, com sete pontos, três a mais que o Nacional, o 2º colocado. O BEC, com três pontos, não joga mais e está fora da briga pelo título.

O JV Lideral marcou sete gols, sofreu dois e tem saldo de cinco gols. Já o Nacional marcou um gol, sofreu dois e tem saldo negativo de um gol. Por isso, precisa golear neste domingo para tomar o título do representante de Imperatriz.

Todos os números são favoráveis ao JV. O Trator ainda não perdeu no campeonato jogando no Estádio Walter Lira. Nos nove jogos que fez em casa, venceu sete e empatou dois. Um desses empates foi justamente com o Nacional (2 x 2), no segundo turno. No outro, ficou no 0 x 0 com o Sampaio Corrêa.

Duelo à parte – Além da vantagem, um duelo à parte entre os atacantes Toninho e Romarinho agita a partida deste domingo. Os dois estão empatados, com 12 gols cada um, na briga pela artilharia do Campeonato Maranhense.

A disputa é jogo a jogo. Na partida do meio de semana, em Barra do Corda, Toninho marcou o primeiro gol, chegou a abrir dois de vantagem para o companheiro, porém Romarinho reagiu e balançou as redes duas vezes e também alcançou a marca de 12 gols.

A partida de hoje é uma boa chance para que essa briga comece a ser definida.

Não são apenas Toninho e Romarinho, os artilheiros do JV Lideral. O atacante Valdanes já marcou nove gols no campeonato. Os três goleadores juntos marcaram 33, dos 43 gols que o ataque do Trator na competição. Isso representa 77% do total de gols feito pelo clube, ou seis a mais que o Sampaio fez no certame.

JV Lideral

Claudecir (Gardiego), Careca, Jackson, Fagundes e Pelezinho; Ismael, Vagno Pereira, Mazinho e Romarinho; Valdanes e Toninho

Técnico – Sandow Feques

Nacional

Jhonnys, Edvan, Jorge, Carlos Alberto e Michel; Bubu, Pedro Bambu, Nunes e Café; Hilderlando e Adílio

Técnico – Josué Mendonça

LOCAL – Estádio Walter Lira
HOJE – 15h30
ÁRBITRO – Edilson Santiago Cardoso
AUXILIARES – Antônio Fernando Souza e Diego Eric Paiva.

O Estado do Maranhão

Uma resposta para "Naça quer colocar água no chope do JV Lideral"

  • eliotorres

    zeca o futebol tem lar suas surpresa mais essa meu amigo do nacional ganhar de 4 gols de diferenca axo dificil o que o jv tem que fazer ter atencao pra a arbritragem nao desmontar o time dele pra decizao o que uma pratica comum nessa admistracao suja da federacao maranhense. e resto e jogar precavido e respeitando o nacional que nao tem nada perder. e ainda como cautela e caldo de galinha nao faz mal a niguem e no ano passado o jv perdeu a decisao da segundona acredito que aprendeu a licao.