Uruguai 0 x 4 Brasil

021005259-dp00.jpgAntes de a partida começar, a torcida uruguaia provocou. Mostrou uma enorme bandeira com os anos “1950 e 2014” durante o hino brasileiro. Lembrava o fantasma da final da Copa de 1950 vencida pelo Uruguai, no Maracanã, com um gol de Ghiggia, que estave neste sábado no estádio Centenário. E também fazia uma ilusão à final do próximo Mundial do Brasil, cuja decisão também será no estádio carioca. Mas se os uruguaios idolatravam o passado e tinham esperança com o futuro, simplesmente esqueceram do presente. A seleção passeou em campo e venceu por 4 a 0, gols de Daniel Alves, Juan, Luís Fabiano e Kaká, pela 13ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010. Com o resultado, o Brasil fica provisoriamente na liderança da competição com 24 pontos. Mas o Paraguai, que tem o mesmo número de pontos, joga ainda neste sábado contra o Chile, em casa.
 
Se a geração de Kaká, Robinho e Cia. nunca tinha visto uma vitória da seleção brasileira em Montevidéu sobre o Uruguai, o mesmo não podem dizer os filhos dos nossos craques. Luca, o primogênito de Kaká, João Lucas, o de Juan, Robson Junior, o filho de Robinho, e Giovanna e Gabriella, as filhas de Luís Fabiano, apenas para citar alguns exemplos, tiveram o prazer de comemorar a vitória deste sábado. A seleção acabou com um jejum de 33 anos. A última vitória brasileira na capital uruguaia tinha sido em 1976. Sete jogos aconteceram neste período.

A vitória melhora um pouco o retrospecto do Brasil contra o Uruguai no Estádio Centenário. Foram 21 jogos, com oito vitórias uruguaias, dez empates e apenas três vitórias brasileiras (a de 4 a 0 deste sábado, e outras duas por 2 a 1: em 1932, com dois gols de Leônidas da Silva; e em 1976, gol de Nelinho e Zico). O resultado também comprovou o bom momento da seleção como visitante nestas eliminatórias. Em sete jogos fora de casa na competição foram três vitórias – Chile, Venezuela e Uruguai -, três empates – Colômbia, Peru e Equador – e só uma derrota para o Paraguai.

O Brasil, finalmente, também conseguiu voltar a vencer dois jogos seguidos nas eliminatórias. A equipe vinha de um triunfo em casa sobre o Peru, em Porto Alegre. A última vez que isso havia acontecido foi no primeiro turno das eliminatórias da Copa de 2006 quando o Brasil ganhou da Bolívia e da Venezuela.

Na próxima quarta-feira, Brasil e Paraguai se enfrentam no Recife, às 21h50m (horário de Brasília). Menos de mil ingressos ainda estão à venda para a partida no estádio Arruda.

Reportagem Thiago Dias e Thiago Lavinas, do Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Uruguai 0 x 4 Brasil"