Espírito Santo

A final do Campeonato Capixaba ainda terá muitos capítulos. No episódio desta terça-feira, o árbitro Devarly do Rosário teria recebido ameaça de morte do presidente do São Mateus, Joelson Oliveira.
 
“Eu vou te f… aqui! Você vai sair morto daqui se continuar assim”, disse Joelson, segundo Devarly.

Esta ameaça e toda a confusão no último jogo do Estadual não vão passar impune, segundo o procurador do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-ES), Ailton Cabral.

“Mesmo que haja complemento da partida ou nova partida, não será lá no Sernamby. Solicitei ao presidente do Tribunal, Rogério Pimentel, que o estádio seja interditado preventivamente. Invasões a campo, agressões, expulsos e não-expulsos, ninguém vai se livrar de suas responsabilidades”, disse Ailton Cabral.

Saiba mais

O amadorismo tomou conta da decisão do Campeonato Capixaba 2009, no último sábado, e o campeão deve ser definido apenas pela Justiça. O jogo entre São Mateus e Rio Branco foi suspenso nos últimos minutos, quando o placar do Estádio Sernamby, em São Mateus, apontava o placar de 2 a 2.

A partida teve de ser paralisada, uma vez que o Rio Branco ficou com apenas seis jogadores em campo, sendo que o limite é até atletas. Isso porque o meia Hélder, aos 49 minutos do segundo tempo sentiu uma fisgada na perna, e, segundo os próprios médicos das duas equipes ficou sem condições de jogo.

Antes, os dois times já haviam perdido três jogadores expulsos cada. Luciano Baiano, Gustavo e Nino levaram vermelho pelo São Mateus, enquanto Wédson Pipoca, Agnaldo e Caio foram expulsos pelo Brancão.

O duelo foi marcado por muita confusão. Antes mesmo de começar a partida, o clime de hostilidade entre as equipes era evidente. Primeiro porque o vestiário dos visitantes não tinha condições de rebecer o time da capital, que teve de dividir o vestiário principal com os donos da casa.

Para ajudar, o pequeno estádio com capacidade para apenas 5 mil pessoas apresentava um gramado em péssimas condições e cheio de buraco. O que causou revolta dos jogadores visitantes e até fa imprensa que cobria o evento.

Quando a bola rolou, o que se viu foi um excesso de violência e pouco futebol. O jogo foi paralisado por duas vezes por conta de uma pancadaria generalisada entre os jogadores das duas equipes, sendo que no primeiro tempo demorou seis minutos para ser retomado. Na segunda etapa, foi ainda pior o duelo ficou 23 minutos parado.

Após a saída de Hélder, o árbitro Devarly do Rosário deu a partida por encerrada e jogadores e dirigentes do Rio Branco deram a volta o olímpica para comemorar o título.

O detalhe é que a taça que eles carragavam era de uma maratona. O troféu oficial foi recolhido por membros da Federação Capixaba. Do outro lado, mesmo sem um troféu, o São Mateus também deu volta olímpica e comemorou o título com seus torcedores.

Para manchar ainda mais a decisão do Estadual, houve um confronto de torcedores ao término da partida e a Tropa de Choque teve de intervir.

Após a situação ser controlada, a Polícia Militar conseguiu escoltar os torcedores visitantes, mas também entrou em confronto com os locais. As pedradas, pauladas e o gás de pimenta rolaram solta

Diante de toda essa bárbarie, o procurador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, Ailton Cabral, preferiu não se posicionar enquanto não tiver acesso à súmula do árbitro. Mas ele garantiu que haverá punição se for comprovada a simulação do meia Hélder.

“Vamos pedir a cópia de toda transmissão para possamos analisar e punir os envolvidos nas confusões e expulsões. Mas somente após relato da súmula poderemos saber se o jogo foi suspenso ou encerrado”, comentou em entrevista à Rádio Gazeta de Vitória.

Segundo Cabral, se o juiz relatou na súmula que Hélder não tinha condições de jogo, o duelo será considerado por encerrado e o Rio Branco será campeão. Caso contrário, a partida será considerada suspensa e será reiniciada a partir do minuto em que parou, com as mesmas formações e números de jogadores, ou seja, sete para cada lado.  

“Nós só temos a lamentar toda essa situação. É uma vergonha um campeonato que está tentando se reerguer no cenário nacional acabar desta forma”, finalizou.

Agência Futebol Interior

"Espírito Santo"

  • Prof Hilton Franco

    Cade o video mostrando a pancadaria durante o jogo Zeca??

    Sua frase está incomleta ,veja:
    A partida teve de ser paralisada, uma vez que o Rio Branco ficou com apenas seis jogadores em campo, sendo que o limite é até atletas.
    Presta atenção rapaz.

  • Prof Hilton Franco

    Cade o video mostrando a pancadaria durante o jogo Zeca??

    Sua frase está incompleta ,veja:
    A partida teve de ser paralisada, uma vez que o Rio Branco ficou com apenas seis jogadores em campo, sendo que o limite é até atletas.
    Presta atenção rapaz.