Águia: Técnico ‘bocudo’ leva gancho de 80 dias

O técnico João Galvão, do Águia de Marabá, foi julgado ontem à noite pela 2ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e está suspenso por 80 dias. Ele respondeu pelas críticas que fez à Justiça Desportiva sobre o polêmico caso do ‘Cai-Cai’, que envolveu o Duque de Caxias/RJ na disputa da Série C de 2008.

A denúncia se baseou em entrevista concedida pelo treinador à Rádio Tupi, em 22 de abril, após o jogo de volta com o Fluminense, pela Copa do Brasil, no Maracanã. ‘Eu acho que o Águia era para estar na Segunda Divisão, porque o critério do ‘cai-cai’ deles foi ali uma marmelada que foi feita pelo STJD’, declarou Galvão (ilustração).

Ainda cabe efeito suspensivo para a decisão, mas o clube marabaense ainda decidiu se recorrerá. O treinador, por enquanto, acompanhará os jogos do Águia na Série C das cabines.

Reforços

A exatos cinco dias da estreia na Série C do Campeonato Brasileiro, contra o Rio Branco/AC, às 16 horas, no Rosenão, em Parauapebas, o Águia continua a busca por reforços. O clube está prestes a oficializar a contratação do sétimo jogador, que deve ser um zagueiro ou um meia-atacante. Ontem, o lateral Edinaldo participou do primeiro treino com bola e o centroavante Lindoval fez exames médicos em Marabá.

Lindoval tinha contrato com o Imperatriz/MA até julho, mas como a equipe está fora das finais do Campeonato Maranhense, o jogador encerrou amigavelmente o compromisso com o clube.

O Liberal

Seja o primeiro à comentar em "Águia: Técnico ‘bocudo’ leva gancho de 80 dias"