Técnico do Águia corre risco de punição severa

O técnico João Galvão, do Águia, corre o risco de pagar pela boca no tapetão antes mesmo do início da Série C. Declarações em entrevistas à imprensa do Rio de Janeiro – no jogo contra o Fluminense, no Maracanã – fizeram com que a procuradoria do STJD denunciasse o treinador com base no CBJD. A infração de Galvão é enquadrada no artigo 190, que trata sobre manifestação desrespeitosa contra o Tribunal via imprensa, cuja punição é a suspensão de 60 a 720 dias. O julgamento será hoje à tarde.

Tudo ocorreu por conta da maneira como João Galvão comentou a absolvição em segunda instância do Duque de Caxias/RJ na acusação pelo ‘cai-cai’ no jogo contra o Rio Branco-AC, ano passado, pela fase final da Terceirona. ‘O Águia foi sacaneado no ano passado, quando devolveram os cinco pontos para o Duque de Caxias. Mesmo depois que ficou compravado que o time deles simulou as contusões para encerrar a partida mais cedo e evitar uma derrota por um placar elástico. Isso só aconteceu porque é um clube do Rio e o Águia é um clube do Norte’, declarou o treinador a algumas emissoras de rádio cariocas.

‘Requisitamos a gravação das entrevistas e encaminhamos a denúncia ao longo da semana’, disse o procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt. ‘Qualquer pessoa tem direito à liberdade de expressão, mas o treinador do Águia foi um pouco além nas suas opiniões e por isso terá que arcar com elas’. João Galvão disse que não iria fazer comentários sobre as intenções da procuradoria do Tribunal. Ele garantiu que manterá sua posição durante o julgamento, por acreditar que não disse nenhuma mentira.

Reforço

Depois do lateral-esquerdo Edinaldo, que chega por empréstimo junto ao Remo, o Águia anunciou na manhã de ontem a contratação do atacante Lindoval, que estava no Imperatriz/MA. O acerto foi fechado na noite de sábado, depois que o atacante aceitou as bases salariais e a proposta de permanecer pelo menos cinco meses no clube. O jogador de 30 anos disputou o Campeonato Paraibano pelo Botafogo. No Maranhense de 2008, Lindoval marcou 22 gols pelo Cavalo de Aço.

Leia mais em O Liberal

Seja o primeiro à comentar em "Técnico do Águia corre risco de punição severa"