Acidente mata jogador do Central-PE

020573145-dp00.jpgPouco menos de três meses e meio depois do acidente que matou dois jogadores do Brasil de Pelotas no Rio Grande do Sul (o atacante uruguaio Claudio Milar e o zagueiro Régis) e um dia após a morte do zagueiro Alisson, do Salgueiro-PE, outro acidente numa estrada brasileira provocou a morte de um jogador de futebol. Desta vez foi o volante Jardel, de 25 anos, do Central de Caruaru (PE).

O acidente ocorreu na BR-232, na descida da Serra das Russas, em Pombos, Zona da Mata pernambucana, na noite desta segunda-feira, e mais três jogadores ficaram feridos: o lateral-esquerdo Adeíldo, que estava no mesmo carro que Jardel, e o atacante Cláudio e o meia Heider, que estavam em outro veículo. O estado de Adeíldo, segundo o site do jornal “A Folha de Pernambuco, é grave.

Jardel Gomes da Silva tinha 25 anos, e havia sido contratado do Penedo-AL. De acordo com as primeiras informações por telefone dadas por Cláudio, que ainda estava atordoado, segundo o site do “Jornal do Commercio”, um ônibus teria colidido com os carros em que eles estavam.

No entanto, informações posteriores da Polícia Rodoviária Federal confirmaram que o acidente envolveu três caminhões e três carros de passeio. Jardel estava em um Corsa com o lateral Adeíldo, de 29 anos, que ficou preso às ferragens. Cláudio e Heider, que estavam em outro veículo, pegaram uma carona com um caminhoneiro para Recife.

Heider foi levado ao hospital pelo lateral-direito Russo, ex-Vasco, também do Central, que estava no Recife.

– Ele me ligou e pediu para que eu os buscasse lá com o caminhoneiro, mas quando cheguei, um amigo do Cláudio já estava lá e o levou para outro hospital. Então eu peguei o Heider e o trouxe às pressas para cá (Hospital da Restauração). Ele disse que estava sentindo muitas dores e que não conseguia andar sozinho – contou Russo à “Folha de Pernambuco”.

Russo informou que o estado de saúde de Cláudio é o menos grave dos três companheiros feridos. Mas o estado de saúde de Adeíldo é grave. Segundo o site, durante o resgate se ouviam gritos do lateral pedindo socorro. O lateral-esquerdo, que estava ao lado de Jardel no banco da frente do carro, ficou preso nas ferragens. O médico do Corpo de Bombeiros, Ricardo Lemig, que ajudou a retirar o atleta do carro, informou que o atleta sofreu fraturas múltiplas no tórax e traumatismo craniano.
 
Protesto fecha estrada e teria provocado o acidente

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente foi provocado por um protesto contra o atropelamento de uma mulher em Pombos, ocorrido por volta das 18h desta segunda-feira. Os moradores fecharam a estrada e com o congestionamento um caminhão se chocou com um carro, e o engavetamento foi formado. O carro onde estava Jardel e Adeíldo ficou imprensado entre os dois veículos de carga.

O corpo de Jardel só foi retirado do carro por volta das 23h, quando as equipes de resgate conseguiram afastar o caminhão com escavadeiras e correntes. Cláudio disse que estava com escoriações leves. Segundo a “Folha de Pernambuco”, os jogadores voltavam de Caruaru, onde haviam ido ao clube resolver questões burocráticas.

Todos participaram da campanha do Central no Campeonato Pernambucano, no qual o time terminou em sexto lugar. Na Copa do Brasil, o Central foi eliminado na segunda fase pelo Vasco, após a derrota de 3 a 0, em Caruaru. Cláudio e Adeíldo enfrentaram o time carioca, mas Jardel e Heider, não.

Outra morte no futebol pernambucano havia ocorrido na manhã de domingo, quando o zagueiro e capitão do Salgueiro, Alisson (Francisco Alisson Pereira dos Santos), de 30 anos, foi vítima de uma parada respiratória, após um acidente na tarde de sábado, quando voltava de Juazeiro (BA) para Salgueiro.

Leia mais

Uma resposta para "Acidente mata jogador do Central-PE"

  • Gustavo

    Esse Jardel é o mesmo que jogou no Maranhão a alguns anos atrás?

    RESPOSTA: Não tenho esta informação.