O mistério continua

020030466-dp00.jpgNenhuma pista. E o mistério sobre o time que vai entrar em campo para enfrentar o Peru nesta quarta-feira, pela 12ª rodada das eliminatórias, permanece. Só uma coisa é certa: Kaká volta à equipe. Resta saber no lugar de quem. Se é no de Ronaldinho Gaúcho ou se é na vaga de Elano. A escalação oficial só será divulgada por Dunga momentos antes da partida.

Nesta terça-feira, a seleção brasileira fez o reconhecimento do gramado do Beira-Rio. O treino durou uma hora e dez minutos.

Cerca de 20 mil torcedores foram ao estádio recepcionar os jogadores. Dunga comandou um treino recreativo em campo reduzido e não deu qualquer dica sobre os titulares. O time de Ronaldinho Gaúcho, Adriano e Kaká venceu o de Robinho e Julio César.

Enquanto isso, a festa foi grande. Alexandre Pato era o mais idolatrado pelos torcedores. A cada toque na bola gritos histéricos eram escutados pelo estádio. Por outro lado, Ronaldinho Gaúcho dividia opiniões. Alguns gremistas preferiam vaiá-lo, ainda magoados com a polêmica saída do craque do clube. Outros, aplaudiam. Irônicos, os colorados gritavam que Adriano Gabiru, autor do gol do título mundial do Internacional, era melhor do que ele. Ronaldinho levava na esportiva. E se divertia com as reações dos torcedores.

Torcedores mostram carinho por Kaká e Pato durante o treino no Beira-Rio

Já o técnico Dunga foi bastante festejado. Torcedores colorados gritaram o nome do treinador, que convive com críticas constantes no comando da seleção. Além de ser gaúcho, Dunga salvou o Internacional do rebaixamento no Campeonato Brasileiro em 1999 ao marcar um gol aos 35 minutos do segundo tempo em cima do Palmeiras na última rodada.

Alexandre Alliatti e Thiago Lavinas, Globoesporte

Seja o primeiro à comentar em "O mistério continua"