Dunga classifica empate como ‘resultado normal’

[gmc 991831] Dunga mostrou naturalidade ao comentar o empate em 1 a 1 com o Equador, em Quito, numa partida em que o Brasil foi pressionado durante os 90 minutos e sofreu um gol nos instantes finais. O treinador elogiou o comportamento do adversário e lembrou que a pressão sofrida não é exclusividade da seleção brasileira.

– A dificuldade em jogar aqui é normal. O Equador é uma seleção que sabe aproveitar o fato de a bola ser mais leve, de jogar em velocidade e acertar os passes. Ficamos com o gostinho da vitória e levamos o gol no fim. O resultado é normal – observou.

O técnico ainda lembrou que tentou orientar os jogadores da seleção para tentar amenizar a pressão exercida do Equador. Segundo Dunga, a seleção da casa impôs dificuldades fazendo valer o fato de estar acostumada à altitude.

– São coisas que fazem parte do futebol. O Equador usou bem os lados do campo e souberam bater melhor na bola, dificultando bastante. Tentamos arrumar a marcação e trazer mais jogadores para o meio-campo, buscando agrupar mais a equipe e segurar a bola no ataque.

Leia a reportagem de Thiago Lavinas, do Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Dunga classifica empate como ‘resultado normal’"