Ninguém segura o JV

O duelo entre o Maranhão e o JV Lideral estava sendo bastante aguardado, uma vez que o MAC vinha de bons resultados e estava disposto a desbancar a invencibilidade do time imperatrizense. Mas não foi isso que aconteceu.

Após um bom primeiro tempo, em que o MAC saiu vitorioso com 1 a 0, gol de Lucas aos 4 minutos, o time de Hiltinho Soares não repetiu a atuação no segundo tempo e começou a dar espaço ao JV. E o time da cidade de Imperatriz aceitou o convite feito pelo MAC para atacar o gol de Rondinelli e aos 9 minutos da etapa final, Ismael empatou o jogo.

O MAC não conseguia mais criar chances claras de gol e o JV conseguiu chegar ao segundo gol com Rivelino aos 33 minutos, após falha do goleiro Rondinelli.

Com a vitória por 2 a 1, o JV pode perder por um gol de diferença para chegar ao triangular final do primeiro turno. Ao MAC, resta vencer por dois ou mais gols de diferença. A partida de volta será em Imperatriz no próximo domingo.

Primeiro Tempo – Gol relâmpago

A partida entre o ascendente MAC e o 100% JV Lideral era um confronto bastante esperado. E desde cedo as emoções começaram a aparecer. O jogo começou a todo vapor e logo aos 4 minutos, a sensação maqueana, Edgar, fez boa jogada pela esquerda, invadiu a grande área, passou pela marcação do JV e colocou a bola nos pés de Lucas, que com tranquilidade, marcou o seu primeiro com a camisa do MAC. Aberto o placar no Municipal: MAC 1 x 0 JV.

Logo após o gol, o MAC continuou atacando. Com um início de muita inspiração, novamente Edgar fez bela jogada e passou por dois jogadores. Dentro da grande área, o atacante rolou a bola para Jader, mas o baixinho do Maranhão chutou mal e errou o alvo.

Passado o susto, o JV tentou logo o empate, mas o atacante Valdanes esbarrou no goleiro Rondinelli. O atacante do JV driblou Ferdinand e chutou, mas o goleiro do MAC defendeu.

O JV não se intimidou. Mesmo estando em desvantagem o time de Imperatriz tentava criar. Enquanto isso, o Maranhão ameaçava a defesa do time imperatrizense nas descidas de Edgar. E foi exatamente Edgar que aos 18 minutos criou outra chance de gol. O atacante chutou de fora da área, mas o goleiro Vicente defendeu e tranquilizou o JV.

Se por um lado Edgar não dava sossego à defesa do JV, o nome do time imperatrizense era Valdanes. Aos 40 minutos, Valdanes chutou de fora da área, mas a bola foi para fora.

Antes do término do primeiro tempo, Lucas lançou a bola para Edgar. O artilheiro maqueano invadiu a grande área e bateu para o gol, mas o goleiro Vicente estava atento e defendeu sem dar rebote. Fim da primeira etapa de um bom jogo no Municipal: MAC 1 x 0 JV.

Segundo tempo – Virada imperatrizense

A etapa final de Maranhão e JV começou equilibrada. O jogo estava muito disputado no meio-campo, mas o MAC não voltou com o mesmo ritmo e o JV se aproveitou disso para chegar ao empate aos 9 minutos. Em um contra-ataque em alta velocidade, Romarinho conduziu o time do JV ao ataque e tocou a bola para Valdanes, que entrou na grande área e rolou a bola Ismael. O meio-campista bateu rasteiro e balançou as redes do gol do Maranhão. O goleiro Rondinelli nada pôde fazer para evitar o gol de empate. MAC 1 x 1 JV.

Após o gol, o técnico do Maranhão, Hiltinho Soares, mexeu no time e colocou em campo o atacante Bruno Colinas e o meia Hudson, para chegar ao segundo gol. E quase as alterações dão resultado. Edgar invadiu a grande área e avistou Bruno Colinas sem marcação. O camisa 9 do MAC tocou em direção a Bruno, mas o goleiro Vicente conseguiu impedir o cruzamento e evitar o segundo gol do Macão. E o empate persiste: 1 a 1.

Diferentemente do primeiro tempo, a segunda etapa foi muito abaixo do que foi os 45 minutos iniciais. No entanto, o JV não quis saber disso e o técnico Sandow Feques colocou Rivelino e Dinah em campo. Os dois foram fundamentais para o time de Imperatriz. Aos 33 minutos, Dinah cobrou falta pela esquerda, houve confusão dentro da área e o goleiro do MAC vacilou ao tentar segurar a bola. E quem agradeceu foi Rivelino, que não perdoou e virou o jogo no Nhozinho Santos. De virada, MAC 1 x 2 JV.

Daí em diante, o JV segurou o jogo para preservar a vantagem. Enquanto isso, o Maranhão tentava atacar, mas o time maqueano não ameaçou mais o gol defendido por Vicente, que virou espectador da partida. Aos 44, Dinah cobrou falta, mas Rondinelli defendeu firme. Fim de jogo no Municipal: MAC 1 x 2 JV.

Com a vitória, o JV manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Maranhense e aumenta suas chances de classificação. Agora, o JV pode perder por um gol de diferença no domingo, que mesmo assim vai garantir vaga para o triangular final do primeiro turno. Já o Maranhão precisará vencer por dois ou mais gols de diferença, em Imperatriz, se ainda quiser chegar à fase decisiva do Estadual 2009.

Reportagem: Paulo de Tarso Jr.

Seja o primeiro à comentar em "Ninguém segura o JV"