Nova fórmula encurtou caminho às Séries “B” e “C”

Se a mudança na fórmula de disputa da Série C não foi boa do ponto de vista financeiro, o mesmo não podemos afirmar em relação ao aspecto técnico. A fórmula anterior, de dois grupos, cada um com dez equipes garantia somente na 1ª fase 18 jogos. Agora, uma equipe que chegar à decisão da segundona terá feito um total de 14 jogos.

Para garantir o acesso, uma equipe precisará passar por apenas um mata-mata, a exemplo da fórmula anterior, mas de acordo com o novo desenho, uma equipe precisará de apenas 10 jogos. Antes, este número seria de 20 partidas.

E quais são os riscos dessa nova fórmula? A competição é mais rápida. Qualquer ponto perdido dentro de casa poderá ser fatal. É importante, num grupo com cinco equipes terminar no primeiro lugar e garantir a vantagem contra o adversário no primeiro mata-mata, o mais importante de todos.

Resumindo. O Sampaio precisa terminar entre os dois primeiros colocados e depois vencer um mata-mata. Basta para chegar à Série B.

Na Série D, a situação é bem parecida. Serão 10 grupos, cada um com quatro equipes. Duas se classificam. A partir da 2ª fase, a competição segue no sistema mata-mata na sequência 20/10/8/4/2. Mas que sequência é esta? Explico. Na terceira fase serão cinco grupos, cada um com duas  equipes. Aos 5 classificados se juntarão três equipes de melhor campanha entre as 5 desclassificadas na 3ª fase e chegaremos a 8 equipes que formarão quatro mata-matas. Os vencedores já estarão garantidos na Série C em 2009.

Para você entender melhor. O Moto tem que terminar a 1ª fase entre os dois primeiros do seu grupo. Vencer dois mata-matas ou garantir uma das três vagas da repescagem em caso de desclassificação na  3ª fase. E finalmente terá que vencer o terceiro mata-mata na 4ª fase.

4 comentários para "Nova fórmula encurtou caminho às Séries “B” e “C”"

  • Vitorioso

    RIDÍCULA A Forma de diputa das serie C e D.

    A CBF havia enxugado o n* de clubes da Serie C no ano passado e criado a serie D exatamente pra fazer campeonatos descentes (Parecido com as series A e B) , o objetivo era manter em atividade o ano todo clubes tradicionais como Paysandu,Remo e Santa Cruz ,garantindo-lhes um calendário no ano.
    .
    O seleuma foi criado pq a CBF foi incompetente e não consegue organizar a competição de forma que ela seja rentável e nem vendeu estas competições pra FBA (que ja organiza a serie B e banca os custos dos clubes ).
    .
    Esta nova fórmula regionlizada objetiva evitar uma debandada geral dos clubes que não tem dinheiro pra cobrir os gastos com passagens e hospedagens , de qualquer forma a CBF pisou na bola pq ela gerou expectativas .
    .
    O fato é que os clubes que antes iriam jogar 38 partidas na competição (20 clubes, jogos de ida e volta) , agora poderão jogar apenas 8 partidas regionlizadas (se ñ passarem de fase.
    .
    É importante que os Clubes Maranhenses se reforcem e façam esforço pra subir , pq o retorno financeiro é muito grande , pra se ter uma idéia os 4 clubes que subiram o ano passado pra Serie B irão receber R$ 900,00 em cotas da SPORTV , são eles :Atletico (GO), Guarani (SP), Campinense (PB) e Duque de Caxias (RJ) , fora os patrocinios que eles terão por estar em evidência .
    .
    Não tem jeito , pra voltar-mos a ser grande no cenário nacional temos que ter resultados em Campo , e isso passa por INVESTIMENTO.
    .

  • Arley, desiludido tricolor.

    Facilitou o acesso e, tanbém, facilitou a queda. Sim, porque se um time não for bem logo na primeira fase, em apenas oito jogos, o inferno se fará presente. Zeca, responda-me: Caem quatro estou certo? Se assim for os últimos colocados em cada uma das quatro chaves irão cair. Embora tricolor, do jeito como o nosso futebol é tratado creio que somos sérios candidatos a ir para a série D. Mesmo sabendo que nosso Presidente fará de tudo para fazer um grande plantel, não sei se ela aguentará o tranco, pois dinheiro não está fácil. O pior é que sempre sobra para os mais fracos economicamente. Sem ajuda privada fica difícil. Zeca, Cadê a Vale e a Alumar? Zeca porque a Alcoa investe milhões no esporte lá no esterior, e já o fez até com o Santa Cruz, e nada faz aqui? Sinceramente: O futuro é negro. Eu achava que com dez clubes em cada chave, caindo apenas dois em cada uma delas, ficaria mais fácil nos mantermos. Tá difícil.

  • Claunísio

    O Sampaio não tem que ficar pensando em tempo ou em renda, se vai ser melhor ou pior, tem que ganhar dentro de casa e tentar arrancar uns dois ou três empates fora… É difícil? E qual o campeonato que é fácil? Agora, não dá é pra ficar torcendo em casa com o rádio quando o time está jogando em São Luís… outra coisa que acho um absurdo é o torcedor do Sampaio ir para o estádio com a camisa do São Paulo, do Flamengo, do Vasco, do Corinthians, do Botafogo, do Palmeiras, do Fluminense… e até do Paysandu!!! Ora, meus queridos, isso é um desprestígio ao nosso time. Eu torço para o Botafogo e tenho quatro camisas desse time, mas só para o estádio com as camisas que tenho do Sampaio e não abro mão disso… Imaginem que no dia do meu aniversário minha família cantasse parabéns pra mim com a foto do filho do vizinho estampada em camisas confeccionadas para esse fim… eu me sentiria ofendido… Pois é isso que muitos torcedores maranhense fazem. Duvido que isso aconteça em Recife, Salvador, Belém, Fortaleza ou Florianópolis… Que dirá no grandes centros!!! Precisamos ser mais bolivianos que botafoguenses, flamenguistas, são-paulinos, corinthianos…
    É esse o meu recado.

    SAMPAIO SÉRIE B 2010

  • alex

    VÃO LEVAR TACA AQUI EM MARABÁ E AÍ DENTRO DO ESTÁDIO DE VCS,IGUAL NO ANO PASSADO.

    GOSTEI DESSA FÓRMULA!!