Protesto no clássico da região tocantina

Torcedores da região tocantina estão revoltados com a decisão tomada pela FMF em realizar o clássico “Lideraço”, entre JV Lideral e Imperatriz, no Centro de Treinamento Walter Lira, no povoado Camaçari. Segundo eles, o local n]ao tem a mínima condição de comportar o público que está previsto para assistir ao jogo.
 
A capacidade do CT Walter Lira não chega a 250 lugares, além de não atender às necessidades previstas no Estatuto do Torcedor.

Além disso, o torcedor reclama da majoração do preço do ingresso de R$ 10,00 para R$ 20,00. Eles ameaçam realizar um protesto e não comparecer para assistir ao primeiro clássico oficial da história entre JV e Imperatriz.

Mas será que adianta algum tipo de protesto se a Federação não está nem preocupada com isso e faz de conta que nada vem acontecendo?

Seja o primeiro à comentar em "Protesto no clássico da região tocantina"