Henrique Maia será a novidade no Moto

O técnico José Carlos Brasília faz mistério na escalação, mas o Moto já está definido para o clássico decisivo contra o MAC, neste domingo, às 17h, no Estádio Nhozinho Santos. O Maremoto é decisivo, também para a permanência do treinador na equipe. Qualquer outro resultado que não seja a vitória pode provocar a queda de Brasília.

Precisando mais do que nunca da vitória para não amargar a desclassificação no 1º turno do Campeonato Maranhense, o meia Henrique Maia entra na equipe no lugar de Clayton que cumprirá suspensão. O restante da equipe será a mesma que empatou com o Náutico por 1 a 1, na última quarta-feira pela Copa do Brasil.

Maia entrou durante o 2º tempo da partida contra o Náutico e não teve um bom rendimento. Após o jogo, o atleta explicou que vinha de uma contusão e por isso sentiu a falta de ritmo.

O volante Jorginho é outro que ainda não estreou por motivo de contusão e deverá ficar apenas no banco de reservas, devendo entrar durante o transcorrer da partida.

O Moto deverá jogar com: Flaubert; Domício, Jean Carioca, Tilão e Dentinho; Valtinho, Fabinho, Henrique Maia e Kelson; Rubsen e Diego Sousa. 

3 comentários para "Henrique Maia será a novidade no Moto"

  • JÚNIOR MOTENSE

    JÁ PASSOU DA HORA DESSES CARAS MOSTRAREM OQ VIERAM FAZER AQUI…SE NÃO MANDA LOGO EMBORA E O TÉCNICO TEM Q SER O PRIMEIRO…QDO LEMBRO EDSON PORTO TREINOU O MOTO…..

  • Rômulo Brandão

    O time do Moto não precisa de nenhum desses aí que ainda não estrearam. Precisa é de alguns reforços fundamentais para suas aspirações na Série D e Campeonato Maranhense.

    RESPOSTA: Você está absolutamente com a razão. Concorco com tudo que você diz neste post.

  • alex motense

    Ouvi dizer que o Rigo estava louco pra voltar pro MOTO, só não voltou porque não dava pra rescindir o contrato. Isso é verdade? Sei que o MOTO precisa urgentemente de um jogador de criação, um jogador que faça jus a camisa 10 do MOTO.
    Além disso, também de forma urgente, precisamos de um goleador, um jogador de área.

    RESPOSTA: O Rigo nem deveria ter saído do Moto.