Brasília é mantido até jogo com o Náutico

O presidente Cleber Verde chegou hoje à tarde e já participou de uma reunião com toda a diretoria rubro-negra. Ele estava em Brasília e não acompanhou a derrota para o São José, de virada, por 2 a 1. E contrariando a opinião da grande maioria da torcida, os dirigentes decidiram dar uma chance ao técnico José Carlos Brasília. Ele fica no cargo, pelo menos até o jogo contra o Náutico pela Copa do Brasil, no dia 4 de março, em São Luís.

Uma outra reunião será realizada hoje à noite. Na ocasião, o assunto a ser discutido será a crise administrativa envolvendo o vice-presidente Carioca, o diretor de futebol César Castro e o diretor administrativo Carlos Henrique Paixão. A tendência é que, a exemplo da situação do técnico José Carlos Brasília, o vice-presidente Carioca também continue no clube, embora esta posição não agrade à torcida do clube.

12 comentários para "Brasília é mantido até jogo com o Náutico"

  • Motense Fanático

    Não agrada mesmo. Eu estou vendo o Papão indo para o buraco com essa diretoria e comissão técnica, onde ninguém se entende. O Presidente apareceu?

  • JÚNIOR

    Oi Zeca, tudo bem?, o que está acontecendo na diretoria do Moto é que tem muita gente querendo mandar, principlamente a familia Amim, que contratou jogadores sem o conhecimento do Vice (Carioca), além disso as contratações são rídiculas, ou seja, contratam jogadores de fora bichados ou com problemas na documentação, ou seja o Diretor de futebol não tem experiência no ramo do futebol e muito menos experiência para assumir um cargo tão importante na diretoria.

    Quando contratam os jogadores daqui de São Luis e outro Deus nos acuida, porque é so cachaceiro conhecido da torcida.

    O que tá faltando é união dentro da diretoria apenas com um fim, fazer o moto um time forte e respeitado diante de outros times, alias o técnico Brasilia é outro que não é técnico, ta só enganando e se continuar vai prejudicar mais ainda a situação do time no campeonato.

    O presidente Cleber Verde tem que se pocisionar e botar na rua tanto o diretor de futebol como o administrativo, porque se ele não fizar isso, esses dois e outros é que vão botar Cleber Verde e Carioca na rua, aí a situação vai se complicar ainda mais.

    abraços,

    RESPOSTA: Não concordo com a sua opinião Júnior. Cada um tem que fazer o seu papel. Não é papel do vice aprovar ou não jogador. Como vc sabe, vice não faz nada, imagina no futebol. O problema é que o Carioca está pensando que futebol é como política. O prefeito sai e o vice assume. O presidente, no caso do futebol tem um papel ainda maior, mas ele não passa o cargo para o vice. Essa coisa de contratação de jogador é tarefa do diretor de futebol e comissão técnica. Não passa pelo vice. E também os Motenses históricos não gostaram nem um pouco da ida do Carioca para o clube. Quanto ao Cleber Verde, ele precisa mostrar para que veio. O Moto acabou de ter um deputado (Antonio Bacelar) como presidente e que esteve ausente o tempo todo e que acabou arranjando um jeitinho de sair do clube. Não se faz futebol assim.

  • julio lima

    o presidente do moto club não demitiu o tecnico por causa do nome dele
    BRASILIA…..o presidente deve gostar muito desse nome entende?

  • JÚNIOR

    Zeca em relação ao vice – presidente, não concordo com sua opinião, se o vice não manda em nada, que tal ser esse cargo ser banido do futebol?, ora, Eurico Miranda mandava e desmandava no vasco é era vice presidente, ou isso é uma exceção?.

    não concordo tambem em relação as contratações, realmente quem contrata é o Diretor de Futebol, só que no meu entender, tem que haver o aval da presidência, cargo maior do clube. Alias todos nós sabemos que na reunião que houver para compor a diretoria, os torcedores estavam cientes que quem seria o braço direito de Cleber era Carioca, até porque o mesmo mora e trabalha em Brasília.

    Também, gostaria de frisar, que a respeito do seu comentário em relação a torcedores que desde o inicio não aceitava que Carioca fizesse parte da torcida, acho que é uma injustiça de alguns torcedores, uma vez que, para ser um bom dirigente de futebol, é preciso sim saber de futebol e só porque o Carioca nunca vimos no ramo esportivo, isso não quer dizer que ele ou outro que entre pela primeira vez no ramo, seja ruim.

    Alias vc bem sabe como todo torcedor motense, todo os anos é a mesma coisa em relação a compor a diretoria, afinal todo ano, ninguém que assumir o moto, e quando tem alguem que quer assumir esse compromisso que é dificil em se tratando de futebol do maranhão, sem recursos, vem uma meia duzia de torcedor falar mal de uma diretoria que quis assumir o compromisso. Afinal nem Jesus agradou todo mundo, não vai ser Cleber e nem Carioca que vai fazer isso.

    O que é de se observar, é que a maioria que reclama e fala mal dos dirigentes, são aqueles que mal vão uma vez ou outra no estádio, dificilmente paga um ingresso para ajudar o time.

    Uma coisa eu tenho certeza, que se não acabar com essas brigas nos bastidores, Cleber Verde irar desistir do cargo e consequentemente Carioca também, aí sim o Moto Club vai ficar em situação muito difícil.

    RESPOSTA: Respeito a sua opinião Júnior, mas então que escolham um outro vice porque este a torcida já disse que não aceita. Ele ainda conseguiu piorar a situação no clube ao se dirigir até o vestiário do Sampaio para oferecer um jogador e depois ficar nas cadeiras secando o time do Moto e torcendo para o São José. Isso não é postura.Quanto ao Eurico Miranda…. Paciência se você gosta de coisa ruim. Ele não é referência de nada de bom no futebol brasileiro. De qualquer forma este é um problema do Moto. Vamos ver no final se Cleber verde é amarelo ou rubro-negro.

  • Alex

    Será que esse Júnior estava no vestiário do Sampaio com Carioca no jogo contra o Figueirense ? Ou será que ele estava vibrando com o Vice do Moto nos gols do São José? Me compre um bode rapaz!!!! Carlos Henrique e César Castro podem até errar, mas fazem com a intenção de acertar e fazer o melhor pelo Moto. Inadmissíveis são as atitudes desse tal de carioca! As atitudes desse rapaz são vergonhosas para a torcida do Moto.

  • Jeorge

    Este Junior que fez os comentários abaixo, ou é o próprio desfarçado , ou é parente ou assessor , pois com tudo que já aconteceu o cara ainda vem aqui fazer defesa,tem algo de errado nisto e digo mais se a torcida aceitou esta pessoa na vice presidência é por que veradeiramente não o conhecia , pois ele sempre estava no meio mais nunca em um cargo efetivo, e está na hora na torcida mostrar sua cara e protestar contra tudo isto ,só que muitos tem medo do presidente largar e não ter ninguem para assumir , só que com esta ajuda que a prefeitura vai dar e com o time em duas competições a nivel nacional , tenho certeza que se ele quizer largar e levar sua comitiva de não faz nada pode ir porque o Moto é muito maior que eles é só a torcida entender a sua força, entende que tem quantidade para eleger um vereador ,e a judar muito para eleger um deputado ou qualquer outro cargo , o fuebol é uma mina de ouro basta ela participar mais que vão aparecer muitos verdadeiros motenses para assumir .

  • Motense Atento

    Esse cidadão q se diz vice presidente do moto devia dizer pra q veio,onde já se viu uma pessoa ligada a diretoria do moto,ir em vestiário do seu maior adversário,seria até respeitado se ele desse essa entrevista no setor das cadeiras,poderia até ser respeitado,pois o sampaio naquela hora estava representando o futebol maranhense,seria um ato louvável,mas se dirigir ao vestiário do maior rival e ainda lhe oferecer jogador,para com isso,ele é vice presidente do moto ou empresário de jogador,acho q ele um misto de muitas coisas ,de politico,deportista,mal carater,se vc fizer uma pesquisa hoje na torcida do moto ele terá 100% de reprovação,acho q essse rapaz na diretoria do moto foi uma bola fora do presidente cleber verde,mas vejo q ainda se tem tempo de corrigir,não deixe presidente ir por água baixo um trabalho bonito q o senhor está tentando fazer,uma laranja podre estraga as restantes,faça valer e tire esse aproveitador ,enganador,antes q ele crie mais problemas para vc,esse rapaz só quer mídia,que aparecer mais q o presidente,parace um papagio de pirata ,um robert,como diz a turma do panico,q está em todas as fotos e entrevistas,não sei como a cronica esportiva o entrevista e lhe dá qualquer crédito,será q corre um jabá,quero acreditar q não,a pergunta está no ar,me responda se puder ZECA,um abraço e tenho certeza q o papão vai superar tudo isso,fora carioca,acho até q seria uma boa campanha ,q teria de ser acampada pela fiel torcida motense,o q acha da idéia Zeca,saudações rubro negras

  • Jorge Linhares

    Li os posts deixados pelos torcedores e me espanta ver que algumas pessoas estão falando que a diretoria não está se entendendo.

    Pelo que eu vejo e converso com algumas pessoas do clube, o único diretor que está remando para o lado contraio do restante é o Vice Carioca.
    Se ele quis entrrar no futebol pensando que com isso ganharia votos, enganou-se, pois com essas suas atitudes estupidas, conseguiu foi perder os votos dos torcedores dos 3 times da capital.
    Onde já se viu um vice presidente levar jogadores para o grande rival?? E o pior, onde já se viu um dirigente comemorar gol de uma equipe que está jogando contra a sua??? Isso é uma Piada!!

    Para o bom andamento das coisas no Moto, Carioca tem que sair. quanto a familia Amin, acho que ela é uma familia apaixonada que se doa totalmente para o clube, e se alguns diretores erram, só erram porque tentam, com muita ansiedade, acertar.

  • raimundo

    Alex esse tal de jr é boliviano q entra na pg do MOTO p/ falar “eguagem”; já falei e confirmo e até vou comprar um vidro d óleo de peroba perperoba p/ passar na cara desse Carioca p/ ñ da cupins pos ele é 1 tremendo cara-de-pau,,,,, sai p/ lá “anzol” pq o MOTO é maranhense, o MARANHÃO é BRASIL q é nossa pátria ;; [AME-O OU DEIXE-O].

  • raimundo

    Alex esse tal de jr é boliviano q entra na pg do MOTO p/ falar “eguagem”; já falei e confirmo e até vou comprar um vidro d óleo de peroba p/ passar na cara desse Carioca p/ ñ da cupins pos ele é 1 tremendo cara-de-pau,,,,, sai p/ lá “anzol” pq o MOTO é maranhense, o MARANHÃO é BRASIL q é nossa pátria ;; [AME-O OU DEIXE-O].

  • motense atento

    Caro junior,de onde vc saiu tambem,ou é amigo ou parente de carioca pois o defende com uma vontade, esses problemas q aconteceram no moto não eram nunca para serem divulgados para a imprensa com esse vice presidente? fez, ele gosta mesmo é de aparecer,está tentando usar o nome do moto pra está todo dia na mídia,pois se não fizesse isso com certeza,não seria nem notado,a pessoa tem aparecer pelo serviço prestado ,mas q por enquanto o q ele presta é um deserviço,pois até agora só plantou discórdia e desarmonia dentro do clube,acho q seria a hora dele pedir prá sair e cantar em outras bandas,ele não é querido nem na torcida,nem na diretoria,e faço uma idéia q nem pelos jogadores ou comissão técnica do papão,tá na hora de pedir pra sair,eu não me sentiria bem num local onde não sou desejado,o q o apega a esse cargo de vice presidente do papão,se não auto promoção,mas essa estratégia o tiro saiu pela culatra mexer com verdadeiros motenses,torcer contra o seu clube,e ainda da moral para o seu maior adversário e ainda oferecer um jogador,.ta na hora de carioca pedir pra cantar em outra área,acho q eu pequeno ciclo no papão acabou,sou torcedor de comparecer aos treinos e acho q só vi esse cidadão nos dias de jogos treinos,pois ele sabia q ali a imprensa vai está,vejo o mendigando uma entrevista ou até usndo de outros meios para aparecer,te manca sai fora carioca deixa o papão em paz,procura outro meio de aparecer,motense atento,sempre papão,um abraço Zeca,sempre vigilante em defesa do papão do norte.

    P.S Zeca o jogador oferecido por carioca para o sampaio vc sabe me informar se ele ficou,aguardo resposta:
    Um abraço

    RESPOSTA: O jogador não ficou no Sampaio não. O nome dele seria Leandrinho.

  • ACR Motense

    Zeca, depois do jogo contra o SJ, postei um comentário criticando o técnico Brasília, pela falta de padrão de jogo do time. Porém, pensando melhor, talvez o técnico seja o menos culpado por tudo isso. Basta lembrar que durante toda a pré-temporada o Moto treinou com um time considerado titular e, por problemas externos, o técnico não pôde contar com esse mesmo time para os dois primeiros jogos do Estadual. Ou seja, treinou com um time e jogou com outro, por problemas de regularização de jogadores, principalmente. Portanto, a diretoria tem mais é que fazer sua autocrítica e deixar o técnico Brasília trabalhar mais um pouco. Volto a dizer: o Moto contratou bons jogadores, coisa que há muito não se via no rubro-negro, mas é claro, o time tem que jogar, completo, do contrário…
    Sobre o Vice Carioca, sem comentários… Nunca gostei da idéia desse cidadão no Moto!

    RESPOSTA: O problema é que o Brasília se envolveu com essa empresa na tal “parceria” e deixou que viessem jogadores que não acrescenta nada. E pelo que soube, alguns já chegaram contudidos. Aí é piada meu amigo.