Figueirense definido para estreia

016008436-dp00.jpgO Figueirense 2009 começa a tomar forma. Se a torcida não sabia quem jogaria pelo Alvinegro nas partidas válidas pelo Estadual, pode ter certeza que para a Copa do Brasil o Figueira vai a campo com o que tem de melhor no elenco na visão do treinador Pintado, dando sinal de que as experiências foram encerradas.

Nesta segunda, dia 16, a dois dias da partida contra o Sampaio Corrêa, em São Luís, no Maranhão, o técnico adiantou a escalação dos 11 jogadores que vão iniciar o confronto desta quarta-feira, às 21h50min.

Os escolhidos para a estreia do vice-campeão da competição em 2007 são: Wilson; Anderson Luis, Bruno Perone, Dieyson, Wellington; Roger, Rômulo, Juninho e Jairo; Schwenck e Ricardinho.

Fora a defesa, que conta com as lesões de Rafael Lima e Régis e no meio-de-campo, com a ausência de Pedrinho, também no departamento médico, estes são os jogadores que devem ficar na ponta da língua do torcedor neste primeiro semestre.

Porém, mais uma vez, Pintado voltou a falar que reforços vão chegar ao Estádio Orlando Scarpelli. O técnico ressaltou ainda que uma das carências da equipe é o setor defensivo.

– Provavelmente, nos próximos dias, devemos ter novidades. Na zaga, nós fomos para Criciúma com os dois zagueiros que a gente tinha. Este é um setor que precisamos, além de experiência, de quantidade – explicou.

Ricardinho diz que não haverá moleza para o Figueira na Copa do Brasil

Após ser poupado na última rodada do turno do Campeonato Catarinense, o atacante Ricardinho afirmou que o Figueirense está concentrado para a partida de estreia da Copa do Brasil. A equipe alvinegra encara o Sampaio Corrêa nesta quarta-feira, dia 18, às 21h50min, no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís (MA).

– O grupo está ciente do que quer, está unido e determinado. É um campeonato longo, serão jogos difíceis e não vamos encontrar nenhuma moleza – disse o atleta em entrevista ao ClicRBS.

Para o jogador, a diferença da Copa do Brasil para o Campeonato Catarinense é o caráter decisivo de cada confronto.

– No Estadual, quatro times se classificam para a final. Já na Copa do Brasil é mata-mata, é um tiro curto, todos os jogos são decisivos – ressaltou.

O Figueira embarca para a sua 11ª participação na Copa do Brasil na manhã desta terça-feira. A delegação alvinegra deixa Florianópolis às 6h e deve chegar ao Maranhão por volta do meio-dia. No período da tarde, a equipe realiza o reconhecimento do gramado onde será realizada a partida e, em seguida, retorna ao hotel de concentração.

Uma nova chance

Com contrato até o final de 2010 com o clube catarinense, Ricardinho não soube explicar o motivo de ter sido mal aproveitado pelos treinadores que passaram pelo clube na última temporada. Com a chegada do técnico Pintado, o atacante passou a ser titular da equipe. Ele e o treinador atuaram juntos no Santa Cruz, de Recife (PE), quando o atual comandante alvinegro estava encerrando a carreira como jogador.

– Quando ele chegou, nós conversamos bastante, e ele deixou bem claro como queria trabalhar – disse.

Avaliação do último jogo

Mesmo sem ter entrado em campo na partida que deu o título do turno do Estadual ao Criciúma, o atacante acompanhou o duelo disputado no Heriberto Hülse. Para Ricardinho, o Figueirense começou melhor no jogo, mas o Tigre teve sorte ao abrir o placar.

– Todo começo é difícil. A gente fez um bom primeiro tempo, estava mais focado, mais determinado. Mas aí o Criciúma teve a sorte de fazer o gol. Pelo menos, serviu para tirarmos uma lição – finalizou.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Figueirense definido para estreia"