A decisão do Guilherme

Li no Blog do Paulo César Vasconcellos, comentarista do SporTV e quero pedir a permissão para fazer das palavras do PC, também as minhas em relação à ida do atacante maranhense Guilherme para o futebol espanhol.

“Não me chamo Acácio, o que desqualifica ainda mais qualquer tipo de conselho. Mas ao ler que o Guilherme trocará o Cruzeiro pelo Zaragoza, eu fico com uma baita vontade de dizer não vá. Soberba absoluta, mas inevitável quando se vê uma negociação que envolve um dos mais promissores jogadores surgidos no Brasil nos últimos anos. Sei que a força da grana ergue e destrói coisas belas e que a maioria dos jogadores de futebol é uma holding. Até aí tudo bem, mas, cá entre nós, trocar o Cruzeiro pelo Zaragoza já é um erro. Mesmo que o time espanhol estivesse na primeira divisão.

O monte de dinheiro que apareceu na frente do Guilherme deve ser tão sedutor quanto uma praia deserta ao lado de quem você gosta e estima. Mas a carreira do Guilherme, pela bola que ele tem, tem tudo para chegar ao topo. É jogador de Seleção Brasileira! O caminho pode ficar mais longo quando ele deixa o Cruzeiro e vai para o……….Zaragoza. Só que os partidários da ida do Guilherme, além de rirem sarcásticamente do degas aqui, devem perguntar: e daí? Pois é.”

Seja o primeiro à comentar em "A decisão do Guilherme"