Pernambucano: Náutico empata e se afasta da briga

O Náutico até começou bem, mas cedeu o empate e se afastou de vez da disputa pelo primeiro turno do Campeonato Pernambucano. Na noite desta quarta-feira, o Timbu ficou no 1 a 1 com o Sete de Setembro, no estádio Gigante do Agreste, em Garanhuns, pela sexta rodada. Carlinhos Bala abriu para os visitantes, e Nego Pai empatou para os anfitriões.

Com o resultado, o Timbu cai para quarto lugar, com 12 pontos, mas a seis de distância para o líder Sport. O Sete de Setembro está com cinco, lutando contra o rebaixamento.

O próximo compromisso do Náutico é o clássico do domingo, com o Santa Cruz, nos Aflitos, o primeiro do Estadual 2009. O Sete vai a Serra Talhada, onde encara o Serrano.

O Timbu partiu para o ataque e logo aos dois minutos. O lateral-direito Gilmar avançou com perigo pela direita e lançou Anderson Lessa, que chutou para fora. O time da casa respondeu aos sete, com Nego Pai batendo uma falta perigosa, rente à trave de Eduardo. O goleiro do Timbu voltou a evitar uma chegada perigosa do mesmo atacante, tirando de soco.

Até que, aos 18, Carlinhos Bala recebeu cruzamento de Gilmar no segundo pau e meteu uma cabeçada certeira para abrir o placar no Gigante. Apesar de estar à frente no placar, lá atrás o goleiro Eduardo continuava fazendo a sua parte. Aos 30, ele mas uma vez evitou um gol de Nego Pai.

Na segunda etapa, aos quatro minutos, Gilmar quase aumentou o placar para o Náutico, mas a bola passou com perigo ao lado da trave de Mondragon. Aos 19, Nando bateu uma falta na área, e ninguém do Sete completou para o gol.

De tanto insistir, o Sete conseguiu. Jailton recebeu livre na área, mas Galiardo tocou com o braço na bola: pênalti. Na cobrança, aos 27, Nego Pai bateu com categoria, empatando tudo no Gigante do Agreste.

O time da casa se empolgou e perdeu boas chances de virar no restante do jogo. Aos 40, João Paulo ficou frente a frente com Eduardo, mas se enrolou na hora de concluir. Dois minutos depois, Nego Pai abrigou o goleiro alvirrubro a fazer ótima defesa. No finzinho, Nei Carioca, do Sete, acabou expulso. Mas já não havia tempo para uma recuperação do Timbu.

O Náutico é o adversário do Moto na Copa do Brasil. A primeira partida será dia 4 de março, no Estádio Nhozinho Santos.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Pernambucano: Náutico empata e se afasta da briga"