Entrevista com Emerson Mendes

Entrevista com Émerson Mendes, gerente de futebol do Imperatriz
 
BLOG – Você está retornando ao Imperatriz agora num cargo bem mais importante que é o de gerente de futebol. De que forma você encontrou o Cavalo neste fim de temporada?
 
EMERSON – Um clube ainda sem estrutura, pois este ano foi muito difícil segundo apurei, pois o time jogou longe de sua maior estabilidade, que é a torcida, o time perdeu seu referencial, e teve muitos problemas, sem patrocinio, sem uma direção dos sentidos, um presidente que ficou sozinho , com um clube do tamanho do Cavalo de Aço, isto é muito complicado para administrar, mas creio na força do conjunto,
torcida-diretoria-imprensa-atletas-comissão técnica-funcionários, junto a este conteúdo, tem o incentivo público também do novo prefeito e vereadores que estão super motivados com a possibilidade de fazer um projeto grande pro Cavalo de Aço.

BLOG – Como está o planejamento para 2009?
 
EMERSON – Primeiro só a motivação de estar no Cavalo de Aço, já me faz estar super animado, estamos montando o plantel, e um time que não fará vergonha, pelo contrario, vai ter condições de brigar para chegar, tem comissão técnica e jogadores para isto, estamos também focados na projeção estrutural do clube, como por exemplo, a loja do Cavalo de Aço, que vai inaugurar em janeiro, o site oficial do clube, o escritório geral do clube, estamos departamentalizando o clube, hoje já tem um gerente administrativo, Mauricio, ex Embratel, tem o Marketing com KaKá, tem Assessoria de Imprensa com o jornalista Willame Ferraz, terá uma secretária, provavelmente uma pessoa muito profissional, super querida de todos no futebol do maranhão, terá novos diretores, que são empresários de Imperatriz e apaixonados pelo clube, e tem a volta com todo vapor do Pres. Cons.Deliberativo , Sr. João da Pantera, grande incentivador e responsável por muitas ações na época do título, dentre os empresário tem o Dr. Antonio Torres, Paulo Cartoimpe, entre outros.
 
BLOG – Qual é a meta do Imperatriz para a próxima temporada?
 
EMERSON – Chegar nas comptições em que disputar, na reta final, pois o Cavalo de Aço, hoje, não se permite somente disputar pra não cair, veja o restrospecto, em 93, chegou a uma final, depois disto a torcida sofreu até 2003, quando chegou a uma final de turno, e na terceira fase do Brasileiro Série C, em 2004, quase caiu, o Presidente era Nilson Takashi, em 2005 no primeiro turno, uma campanha pÍfia, depois, ganhou o segundo turno, foi campeão do estado, com o mesmo Nilson Takashi, então tenho uma parte junto as pessoas todas, pois não vivi 2004 e nem o turno de 2005, em 2006, já na gestão Léo Cunha, o clube foi a final da Taça Cidade, chegando ao vice campeonato, no maranhense do mesmo ano, ficou em terceiro, nesta competições, eu trabalhei no clube, cheguei na Taça Cidade, com o time em 8, fomos a vice , eu e Pedrinho, ai saimos, depois voltei noi meio do maranhense, o time era sétimo, e fomos a terceiro, junto com Carlos Magno, em 2007, montamos um time barato para Taça Cidade, onde fiquei ate o final do primeiro turno, e sai, mas o time garantiu o vice campeonato, no maranhense do mesmo ano, o clube ficou com o vice campeonato, este ano não teve bem, mas diga-se de passagem, que teve duas Copas do Brasil, e dois brasileiros, e por um erro, o clube não foi mais longe na competição em 2007, então por este motivo o torcedor tem razão de querer títulos.
 
BLOG – Depois daquele excelente momento de 2005, culminando inclusive com a conquista do título inédito, o que fazer para recuperar a confiança do torcedor?
 
EMERSON – O torcedor do Cavalo de Aço, é mesmo diferente de todos, eles nunca tem pessimismo, é algo apaixonante, nunca vi torcida igual, e olha que ja trabalhei em grandes clubes, como Atletico-MG por exemplo, sem demagogia, esta torcida tem fator ímpar na influência do time, e por este motivo, acho quer as ações de marketing acontecendo, e o planejamento exposto for tendo a abrangência e os resultados chegando, a coisa pode melhorar e muito. O torcedor aqui é muito exigente, mas também tem fator primordial, e já percebemos neste últimos 15 dias , que a alto estima voltou, acho que esta relação de amor ao clube, só tende a melhorar a situação, daqui pra frente.
 
BLOG – Vocês anunciaram grande parte da equipe para 2009. Fala pra gente um pouco dessas novas caras do Cavalo de Aço. Vitor, Vágner, émerson, Washington e Cléber Pereira.
 
EMERSON – O Vitor é um grande Goleiro, de nível de clube grande, teve toda uma base no Cruzeiro-MG, e uma iniciação profissional no Santos, depois disputão pelo Campinas, um paulista, vem pra jogar, está animado e tenho plena convicção de ser um grande reforço, o Vagner é um Zagueiro do Nivel do Dênis, tem muita raça, é lider por natureza, e muito bom jogador, o Emerson é promessa, o Washington, tem experiência, já jogou no Gama, Brasiliense, tem muita técnica, um jogador já com boa rodagem, o Cléber Pereira é um goleador, tem um grande experiência já, em termos de clubes e campeonatos de ponta, foi o último artilheiro do Mogi-Mirim na Copa Paulista deste ano, e precisa aqui jogar muito e fazer gols, pois tem clubes do mundo árabe de olho nele.
 
BLOG – Lindoval e Cristiano permanecerão mesmo na região tocantina?
 
EMERSON – Lindoval já acertou todos os detalhes, falta só uma conversa com o Presidente Léo Cunha e o Vice de Finanças Ribamar Cunha, mas já está tudo selado, e creio que este ano Lindoval vá crescer muito, pois está mais maduro, e pode fazer a diferença novamente, como tem feito nos últimos anos, o Cristiano deve permanecer, acreditamos nisto, pois além de ser um verdadeiro Cavalino, eu sinceramente não vejo Cristiano em outra equipe, ele mesmo no JV Lideral, se sentia fora do ninho, pois sabe do carinho que o torcedor tem por ele, e sabe tambem da responsabilidade que lhe imputa uma saída do clube neste momento, hoje digo que ele é talvez o único jogador, junto a Lindoval, e com todo respeito aos outros que passaram, que tem lugar cativo no clube, justamente por não ter saído e ido jogar em outras equipes do estado, acho que até futuramente poderão pleitear cargos públicos e terão apoio máximo do torcedor e da comunidade.
 
BLOG – A Comissão Técnica está formada. Cabrera é mesmo o treinador para 2009?
 
EMERSON – Sim, com contrato assinado e tudo mais, ele vem, e creio que fara grande trabalho, tem caráter, é honesto, pessoa de grande potencial profissional, e talvez a ele faltou até hoje um clube que lhe colocasse mais possibilidade de ele crescer, não que os outros não ofereceram, mas o futebol maranhense hoje ainda caminha a se dar mais condições aos profissionais que trabalham na competição, e os clubes às vezes não conseguem por exemplo, ter um supervisor, um gerente, um departamento administrativo, e o treinador acaba acumulando várias funções, e isto não faz bem ao futebol, mas as condições às vezes não permite tal estrutura, e aqui ele terá ao menos estes fatores a seu favor.

BLOG – Qual deve ser o papel do empresariado de Imperatriz em relação ao Cavalo de Aço nesta nova temporada?
 
EMERSON – Olha, primordial, pois fomentará a credibilidade, além da ajuda financeira, tem vários tipos de empresaios envolvidos, gerentes de bancos, empresários de diversos ramos, e estamos unidos, e esta união esta apenas começando, o Presidente do DCL por exemplo, que já foi ex-presidente do clube, está engajado em reunir mais empresarios ainda, e isto fará do Cavalo de Aço, um clube vencedor.
 
BLOG – Uma mensagem à torcida do Imperatriz.

EMERSON –   Que apóie o clube, que tenha uma posição de união, que os fatores negativos, não podem influenciar os positivos, pois tudo está sendo feito para o torcedor, pelo torcedor e somos movidos por eles, se eles encamparem esta ideia, ninguém pode segurar o Cavalo de Aço, ainda mais com a ajuda de DEUS, eu creio na nossa vitória.

Seja o primeiro à comentar em "Entrevista com Emerson Mendes"