O sonho realizado

Lembro-me como se fosse hoje, o convite do Presidente da Federação Maranhense de Beach Soccer para que Eu aceitasse ser árbitro de beach soccer, no ano de 2000 estava apitando o maior campeonato de Beach Soccer no Clube dos Oficiais da PMMA, no Araçagi comandado pelo Cel Silva, e sendo diretor de esportes o Tenente Dorneles, quem me indicou para o Eurico me levar para a Federação, fui procurando e aceitei de imediato o convite.

Em 2002 fui ao Brasileiro no Espírito Santo, sendo a revelação na arbitragem em 2003 fui a São Bernardo do Campo-SP, já estava relacionado para compor o quadro internacional de arbitragem. Apitei três eliminatorias, três Copas do Mundo, ficando até o ano de 2005, quando completei quarenta e cinco anos, cinco etapas Nordente Classificatória do Brasileiro. Para me substituir trabalhei os árbitros Juscelino e Mayron, que foram elogiados pelo bom trabalho realizado neste Brasileiro.

Este meu comentário é para dizer o quanto sei da determinação dos Jogadores da Seleção do Maranhão, que também lutaram para que o beach socser subisse no lúgar mais alto do pódium e gritar “É Campeão!!!”. Jogadores como Jaldo, Cacá, Té, Janilber e outros que já abandonaram também fazem parte desta festa. Os jogadores e comissão técnica contratados que souberam honrar a camisa do nosso estado. Posso dizer ao presidente Eurico Pacífico que nunca desistiu, mesmo com toas as dificuldades, o dia chegou, seremos campeão em muito breve, palavras do presidente em 2000 – o nosso sonho chegou e foi realizado com sucesso.

Todos os jogadores estão de parabéns – não podemos esquecer que tudo foi possível pela luta, dia e noite do Eurico Pacífico. Parabéns Presidente.

Por Marcelo Filho, árbitro

Seja o primeiro à comentar em "O sonho realizado"