3 comentários para "Vasco: A fé, literalmente, para não cair"

  • Arley

    Estão de brincadeira. A primeira pergunta deveríamos dirigir ao próprio Senhor para sabermos se ele está preocupado com banalidades. Sou vascaíno, mas, sinceramente, tudo isto é bobagem. A começar pelo tipo que exerce a função de sacerdote. Deus aqui, como de costume acontece nas ditas igrejas modernistas, é compelido – literalmente – a ajudar, como também é obrigado a curar, salvar casamentos e outras cositas mas. Ora, senhores, Dê e deus o que é de Deus e a César o que é de César. Se Paulo estivesse vivo certamente ficaria surpreso em ver jogadores como o Madson reclamar a ajuda do Senhor e esquecer que o próprio Paulo advertiu a igreja quanto ao uso de jóias, por exemplo. Vejam o colarzão do Madson!!! Estaria ele concatenado com a verdade… repito, não, não e não. Jeová não é moeda de troca. Conquistamos as coisas com trabalho, muito suor e responsabilidade. O próprio Jesus trabalhou quando jovém na carpintaria e nunca pediu ao Pai para fazer-lhe uma cadeira porque estava cansado. Então, querem tudo de graça agora. Deus se vê obrigado a ajudá-los. Agora, e os outros clubes, os Ipatingas da vida e os demais ameaçados… Sinceramente, para qual clube Deus torce… Notaram a incoerência de tais pedidos. Deus não é deus de confusão!!!! Ademais, as coisas do mundo não lhe pertecem. Ela não folga com tais coisas. Devemos, pois, separarmos bem o que é Santo do que é profano. Deus está preocupado com outras coisas – a volta de Cristo, a conversão das pessoas, o estabelecimento do seu reino, segundo o qual não haverá lembrança das coisa passadas, inclusive do futebol e, sobretudo, dos flamengos, corínthians e vascos da vida. Fé, os jogadores deveriam ter tido desde o princípio, a fé da certeza de saber se são ou não bons jogadores de futebol, ou melhor seria procurar outro emprego, pois o que o Vasco tem não é time, é bando, tão inautêntico como o bando de Caifás e Judas Iscariotes, tão longe da verdade. Deixem o Senhor preocupar-se com aquilo que lhe dá prazer – A adoração verdadeira e não a interesseira!!!! Chega de mesmisses! Chega de vermos tais cenas muito comuns nas igrejas modernistas – a grande Babilônia, a meretriz, a mãe das abominaçãoes da terra. Isto sim, é averdade dos fatos.

  • alex motense

    Pô Zeca Soares.
    Sem essa de futebol carioca.
    Aqui é um espaço para o esporte maranhense.
    Desse jeito a impressa esportiva maranhense continua colaborando decisivamente para o “abestadalhamento” da população.

    Temos que criar paradgimas diferentes destes que ai estão.

    O Maranhão para os maranhenses.

    RESPOSTA: Não amigo. O objetivo deste blog é divulgar o esporte, em especial o que acontece no Maranhão. Mas isso não significa dizer que não podemos falar de outros Estados. Aqui tudo é Brasil. Todos nós gostamos quando um maranhense se destaca em outro Estado ou não? Não é divulgando uma ou outra notícia de clubes de fora que o nosso futebol vai crescer.

  • Antonio Henrique

    Por mim essa PORCARIA vai parar na décima divisão.