Kléber Pereira pede desculpas a Elmo Resende

kleberpereira111008.jpgNum rápido pronunciamento, que durou quase dois minutos, nesta terça-feira à tarde, no CT Rei Pelé, o atacante Kléber Pereira, do Santos, pediu desculpas ao árbitro Elmo Alves Resende Cunha, a quem ofendeu após a partida contra o Vasco, no último sábado, em São Januário. Muito irritado com a arbitragem, o jogador insinuou que Elmo estaria deixando o estádio com os bolsos cheios por ajudar o time carioca, que venceu por 1 a 0, num pênalti que os santistas não conseguiram engolir.

Em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, o juiz afirmou que pretende processar o jogador por danos morais. Ao saber disso, Kléber procurou a assessoria de imprensa do clube para se explicar. Apesar de admitir que estava de cabeça quente quando fez as críticas ao árbitro, o atacante diz que foi mal-interpretado. No caminho para o vestiário, ao ser perguntado sobre se o juiz entrou em campo pressionado, Kléber disse:

– Ele não sentiu pressão. Já veio pressionado. O bolso dele deve estar cheio.

No entanto, no pronunciamento desta terça-feira, o jogador afirma que não teve a intenção de colocar em dúvida a honestidade de Elmo Resende.

– Eu me expressei mal, mas algumas pessoas colocaram coisas que não teria falado. Estou aqui para calar tudo. Quando falei do bolso, falei que ele é bem sucedido e não pode sofrer pressão. De maneira nenhuma quis dizer que há árbitros que recebem dinheiro. Falei num momento de fraqueza, de cabeça quente – afirma o santista.

Segundo o procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Paulo Schmitt, Kléber será denunciado com base no artigo 252 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê pena de duas a seis partidas de suspensão.

Leia mais no Globoesporte.com

Uma resposta para "Kléber Pereira pede desculpas a Elmo Resende"

  • rony campo grande-ms

    Admiro muito o futebol do kleber, mas ele ta se achando muito!!!!!!!!

    Resposta: Você tem toda razão. Até estranho porque o conheço e sei que é uma pessoa humilde, mas como todo ser humano comete seus erros também.