São Paulo cada vez mais perto do hexa

saopaulo091108.jpgO São Paulo assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro apenas na rodada passada, a 33ª, mas não parece disposto a largá-la facilmente. O hexa tricolor está cada vez mais perto, faltando apenas quatro rodadas para o final da competição. A vitória suada diante da Portuguesa, por 3 a 2, no Canindé, mostrou uma sorte que costuma aparecer apenas para os campeões. Por sinal, o Tricolor Paulista pode ser o primeiro clube a ganhar a competição nacional três vezes seguidas.O Grêmio tomou a vice-liderança do Palmeiras ao surpreender justamente o Alviverde diante da própria torcida, por 1 a 0, no Palestra Itália, e manteve a diferença de dois pontos para o São Paulo (65 contra 63). O Verdão, por sinal, caiu de segundo para quarto lugar porque o Cruzeiro também venceu na rodada (1 a 0 sobre o Fluminense, no Mineirão), chegou também aos 61 pontos, e está em terceiro porque já teve 19 vitórias no campeonato contra 18 do time paulista.

Na cola do G-4 e ainda com ótimas chances de conquistar uma vaga na Libertadores está o Flamengo, com 60 pontos. O Rubro-Negro venceu o clássico diante do Botafogo por 1 a 0, no Maracanã, e manteve as esperanças até de título, mas cinco pontos de diferença parece uma distância quase intransponível nesta reta final.

Poucos gols na rodada

Outra marca da 34ª rodada foi a baixa média de gols, a segunda pior de todo o Brasileirão: 1,9 por partida. As redes balançaram apenas 19 vezes neste fim de semana, assim como já tinha acontecido na 23ª rodada. Apenas uma partida não teve gols (Coritiba 0 x 0 Náutico), mas cinco jogos terminaram com a vantagem mínima para uma das equipes: 1 a 0. A pior média continua sendo 1,6 por jogo, que aconteceu lá na 4ª rodada, logo no início da competição.

Quatro visitantes venceram na rodada, seriam cinco, caso o clássico carioca tivesse sido disputado no Engenhão e o placar favorável aos rubro-negros tivesse se confirmado. Atlético-PR, São Paulo, Grêmio e Atlético-MG estragaram a festa dos donos da casa Figueirense, Portuguesa, Palmeiras e Vitória respectivamente.

Flu e Vasco, enfim, fora da zona ao mesmo tempo

Após dez rodadas em que pelo menos um dos dois cariocas ameaçados, Vasco e Fluminense, figuraram entre os quatro últimos colocados, a 34ª provou que os dois podem permanecer juntos na elite nacional. O Tricolor, apesar da derrota em Belo Horizonte, perdeu duas posições, mas não o suficiente para voltar à zona da degola. Já o time cruzmaltino subiu quatro posições com a sua vitória sobre o Santos, por 1 a 0, em São Januário.

Outra equipe que também se superou para respirar um pouquinho foi o Atlético-PR, que superou o Figueirense por 2 a 0, no Orlando Scarpelli, e deixou a zona de rebaixamento. Mas a verdade é que Furacão (38 pontos), Vasco (37) e Flu (37) continuam ameaçadíssimos de disputar a Série B em 2009. Mas não tanto quanto Náutico (37), Portuguesa (36), Figueirense (35) e Ipatinga (31). A equipe mineira, por sinal, levou uma goleada do Internacional, por 4 a 0, e só um milagre pode salvá-la da queda iminente.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "São Paulo cada vez mais perto do hexa"