Olimpíadas Escolares

Natação

Os maranhenses conquistaram duas medalhas nas provas dos 400 metros livres masculino. As duas medalhas, uma de prata e uma de bronze foram conquistadas respectivamente pelos atletas Felipe Cunha e Anderson Maia. Felipe que é aluno do Colégio Upaon-Açu ainda disputou a final dos 100 metros peito, mas prefiriu se poupar para a prova dos 400 metros. Já Anderson que é aluno do Dom Bosco se prepara agora ao lado de Felipe para a eliminatória dos 200 metros medley.

“Estávamos esperando realmente essas duas medalhas e podemos voltar a conquistar medalhas tanto com o Felipe quanto o Anderson no domingo” afirmou Alexandre Nina.

Judô

O primeiro dia de disputa das Olimpíadas Escolares 2008, em João Pessoa, categoria infanto, será inesquecível para a delegação maranhense, pois os alunos/atletas do Maranhão conseguiram conquistar num único dia seis medalhas, sendo três de ouro e três de bronze.

A primeira medalha do judô veio com Ronald Araújo na categoria super-ligeiro. O judoca que tem 17 anos e estuda no Colégio Cidade de São Luís ficou com a medalha de bronze. Logo depois foi a vez da judoca Priscila Silva do Upaon-Açu, que também conquistou um bronze na categoria ligeiro. A terceira medalha de bronze do Maranhão no judô no primeiro dia de disputa veio com Ivan Silva do Colégio Upaon-Açu. Além da medalha de bronze conquistadas, os três judocas maranhenses tem outra coisa em comum, já que todos são integrantes do Programa Bolsa-Atleta do Governo do Maranhão desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esporte e Juventude.

Para encerrar com chave de ouro o primeiro dia de disputa do judô maranhense, o judoca Emanoel Yago de Oliveira do Colégio Marista entrou no tatame para a final da categoria meio-leve e com uma luta perfeita conseguiu a vitória e garantiu a terceira medalha de ouro do Maranhão e a quarta medalha do judô maranhense.

“Treinei bastante para as Olimpíadas Escolares e acredito que hoje fui recompensado pelos treinamentos. Na minha primeira participação em Poços de Caldas fiquei com a medalha de bronze e agora consegui a medalha de ouro” afirmou Emanoel Yago de 16 anos.

Além das seis medalhas obtidas no primeiro dia de competição e das duas da natação conquistadas na manhã de sábado, o judô conseguiu abocanhar mais um bronze e subiu para nove o número de medalhas do Estado.

Dayana Cardoso chegou ao podium no segundo dia de disputa das Olimpíadas Escolares na categoria infanto com atletas de 15 a 17 anos. A judoca que é aluna do Colégio Batista conseguiu a medalha de bronze na categoria médio.

“Esse foi meu último ano de Olimpíadas Escolares e queria ter conquistado mais uma vez o título dessa competição, mas não foi possível, mesmo assim fico feliz por ter conseguido outra medalha” disse a Dayana Cardoso, que aos 17 anos se despede das Olimpíadas Escolares.

Atletismo

A garota dourada do atletismo é assim que Larisse do Nascimento de Sousa de 17 anos está sendo chamada em João Pessoa, onde alunos/atletas de 15 a 17 anos, de todo o Brasil estão disputando as Olimpíadas Escolares na categoria infanto.

No primeiro dia de disputa da competição escolar a aluna do Colégio Cônego da cidade de Caxias brilhou na pista de atletismo da Universidade Federal da Paraíba e conseguiu abocanhar num único dia duas medalhas de ouro para o Maranhão.

Na sexta-feira Larisse conquistou a medalha de ouro na prova dos 800 metros rasos. Ontem, a garota dourada do atletismo voltou a brilhar e mostrar que é uma das melhores atletas em provas de longa distância, ganhando novamente a medalha de ouro para o Estado, mas agora na prova dos 3.000 metros.

“Essa garota é uma pedra preciosa e que precisa ser lapidada, precisa de mais atenção, pois dessa forma poderemos fazer com que Larisse consiga conquistar mais êxitos dentro do esporte brasileiro” declarou Márcio Miguens que é o técnico da seleção maranhense de atletismo nas Olimpíadas Escolares.

Depois das duas medalhas de ouro Larisse falou de sua trajetória no esporte, de suas conquistas e o que espera do futuro dentro do atletismo.

Reportagem Jorge Aragão

Seja o primeiro à comentar em "Olimpíadas Escolares"