Duque de Caxias entra com recurso no STJD

A defesa do Duque de Caxias entrou com um recurso no STJD tentando um efeito suspensivo para dois de seus jogadores e para o técnico Marcelo Borges. No julgamento do susposto “cai-cai” do dia oito de outubro, no jogo contra o Rio Branco-AC, os atletas Rafael e Edivaldo foram suspensos por 120 dias. Já o treinador pegou um ano de gancho.

Segundo o site Justiça Desportiva, a alegação da defesa do clube fluminense é que os denunciados sofreriam danos irreparáveis. A intenção é conseguir o efeito suspensivo para que eles possam participar das partidas enquanto não houver o julgamento final.

O julgamento, aliás, foi marcado nesta segunda-feira pelo STJD para a próxima quinta. Além dos casos dos jogadores e do técnico, também serão julgadas novamente as punições ao clube. O Duque de Caxias, em primeira instância, foi condenado a pagar multa de R$ 10 mil, está suspenso de competições nacionais por um ano e ainda perdeu o ponto conquistado no empate de 2 a 2 com o Rio Branco.

Fonte: Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Duque de Caxias entra com recurso no STJD"