Série C reunirá seleção de ”vovôs”

Domingo é dia de enfim começar a Série C do Campeonato Brasileiro de 2008. E entre os “incríveis” 31 jogos de norte a sul do país que marcam a rodada de abertura da competição, o torcedor poderá conferir um verdadeiro desfile de craques em fim de carreira.

Na caminhada em busca do acesso à Série B do Brasileiro, o Bacabal-MA contará com a experiência do atacante Sorato (ex-Palmeiras), de 39 anos, do meia Yan (ex-Vasco), de 33 anos e de Donizete Amorim. Já o rival Sampaio Correa anunciou nesta quinta-feira a dispensa do meia-atacante Piá, de 34 anos, que não correspondeu às expectativas da diretoria no Campeonato Estadual. E o ex-palmeirense Maurílio, aos 38 anos, renovou seu vínculo com o Salgueiro-PE para disputar a Terceirona.

No norte do país, o “incansável” meia Esquerdinha (ex-São Caetano), aos 38 anos, é a aposta do Fast Club de Manaus para surpreender no campeonato. Enquanto isso, o concorrente Rio Branco-AC acertou na última semana com o meia Rossini, de 23 anos, revelado pelo Santos ao lado de Diego e Robinho em 2002. Embora não seja veterano, o meia que surgiu como craque vem na descendente na carreira. E o Paysandu terá o ex-vascaíno Valdiram, de 25 anos, no comando de ataque do time.

Descendo no mapa do futebol, no Rio de Janeiro, o Boavista terá em campo o goleirão Sílvio Luis, de 31 anos, ex-Corinthians e São Caetano; e o atacante Alex Alves, de 33 anos, que marcou época com a camisa de Botafogo e Cruzeiro.

Em Minas, o destaque é a presença de Euller, o “Filho do Vento”, que aos 37 anos, vai para seu segundo Brasileirão da série C pelo América-MG, que ainda contará com a segurança dos goleiros Flávio, de 37 anos, Campeão Brasileiro pelo Atlético-PR em 2001 e Alencar, de 32 anos, reserva de Rogério Ceni no São Paulo em 2000 e 2001.

No interior de São Paulo, o Ituano trouxe o zagueiro ex-palmeirense Galeano, de 36 anos, e o arqueiro ex-santista Mauro, de 30 anos. E o Noroeste levou para Bauru as “cambalhotas” do meia-atacante Alessandro, de 34 anos, revelado pelo Novorizontino nos anos 90.

Agora, o verdadeiro esquadrão está em Campo Grande-MS. No Operário, a equipe que ficou conhecida como “Catadão da Champs”, feras como o atacante Zé Afonso (ex-Grêmio, de 34 anos), o lateral e zagueiro Anderson Lima (foto, também de 34 anos), o rodado goleirão Gléguer e o veteraníssimo atacante Macedo estão no mesmo time em busca de reerguer o tradicional time, que em 1977 foi o 3º colocado no Brasileirão, eliminando o Palmeiras para chegar às semifinais.

Esses são apenas alguns de muitos outros jogadores famosos ou anônimos que estarão nos gramados de todo o Brasil a partir deste domingo em mais uma edição do Campeonato Brasileiro da série C. E aqui no Portal Futebol Interior você não perde nenhum detalhe sobre a Terceirona.

Agência Futebol Interior

Uma resposta para "Série C reunirá seleção de ”vovôs”"

  • thiago

    O tricogay dispensou o Piá, mas tem o PC, ele também é vaterano Zeca.