Dário começa a definir o Paysandu

Num mini-coletivo dirigido ontem de manhã na Curuzu, o técnico Dário Lourenço começou a formatar o time que estréia contra o Bacabal (MA) pela Série C do Campeonato Brasileiro. Sem Jucemar, em tratamento da rótula direita, ele escalou a equipe com cinco reforços, mantendo uma base local.

A formação foi a seguinte: Paulo Wanzeller; Boiadeiro, Fabrício, Tales e Aldivan; Rodrigo Costa, Paulo de Tarcio, Fabrício e Luís Carlos Capixaba; Zé Augusto e Douglas. Na movimentação, ele sacou Fabiano, promoveu a entrada do jovem Ademilton, tirou Zé Augusto e lançou Valdiram.

Dário Lourenço disse que o coletivo em que deverá praticamente definir o Papão será hoje, e não amanhã como havia previsto no início da semana ao Bola. Lourenço adiantou que se não decidir após as atividades desta quarta-feira, somente na sexta terá a equipe que enfrentará o rival maranhense.

Douglas tenta resolver pendência

Aposta particular do técnico Dário Lourenço, o atacante carioca Douglas, 27 anos, viajou ontem para o Maranhão decidido a resolver a pendência contratual com a diretoria do Bacabal, seu ex-clube. A diretoria do clube nordestino se nega em liberá-lo depois de ter estendido o contrato do jogador até o final do ano.
Douglas assinou o documento em branco e pensou que teria a duração de apenas quatro meses, o tempo de duração do Estadual, no qual fez dez gols. Lourenço espera que o reforço retorne a tempo de ser inscrito na Terceira Divisão e enfrentar o próprio Bacabal no domingo ou o Palmas (TO) no meio da semana, fora de casa. Apesar do otimismo, há o temor de o atleta ser convencido a ficar no interior maranhense.

A reportagem é de J.R. Rodrigues, do Diário do Pará

Uma resposta para "Dário começa a definir o Paysandu"

  • THIAGO

    Tomara q convensam ele e ainda o boiadeiro a voltar para o BECÃO. Pq eles fazem muita falta, principalmente vendo jogar Tico Mineiro e Lopes no ataque e na lateral direita Peterson e Jorginho. Q Douglas e Boiadeiro fiquem, se Deus quiser.