Sob risco de morte, volante do Bahia encerra a carreira aos 25 anos

014968301-dp00.jpgOliveira sofre de problemas cardíacos, detectados durante exames no clube

O departamento de futebol do Bahia vive um dia de muita tristeza nesta quinta-feira. O volante Oliveira, contratado do Feirense, para a disputa da Série B, foi obrigado a encerrar a sua carreira de jogador de futebol. Durante exames médicos realizados no clube, foi detectada uma alteração no coração do jogador, que poderia o levar à morte caso continuasse suas atividades normais.

O vice-presidente médico do Tricolor, Marcos Lopes, concedeu uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, explicando a situação do atleta.

– Através de um ecocardiograma, encontramos uma alteração cardíaca no jogador, que coloca a vida dele em risco durante a prática esportiva. Fizemos ainda uma ressonância magnética do coração do Oliveira, onde ficou comprovado o seu problema – diz.

De acordo com a assessoria de imprensa do Bahia, o jogador já havia assinado contrato com o clube, e irá receber os seus salários normalmente até que consiga a sua aposentadoria através da Previdência Social.

Josilvaldo de Sousa Oliveira tem apenas 25 anos de idade, e faz aniversário no próximo sábado, dia 28/07. O volante é mais um caso de problemas cardíacos no futebol. Jogadores como Washington, do Fluminense, e Fabrício Carvalho, do Goiás, também sofreram com alterações no coração, mas, após tratamento, retornaram aos gramados.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Sob risco de morte, volante do Bahia encerra a carreira aos 25 anos"