Dinamite vence eleições no Vasco

014935380-dp00.jpgPor 827 votos a 45 (10 nulos e 5 brancos), a chapa “Por Amor ao Vasco”, que tem Roberto Dinamite como candidato a presidente, venceu as eleições deste sábado, na sede do Calabouço, e conquistou 120 conselheiros para a reunião do Conselho Deliberativo do Vasco, que acontece na próxima sexta-feira, às 20h. A chapa Azul, encabeçada por Eurico Miranda, levou 30 conselheiros. Outros 150 são membros-natos. Agora, os 300 membros se reúnem e elegem o novo comandante maior do clube. Nunca na história, a chapa vencedora nas urnas deixou de eleger o presidente.

Eurico, que não reconhece a eleição, e sequer foi ao local de votação, assim como a maioria de seus partidários, prometeu divulgar uma notícia bombástica em entrevista coletiva neste domingo, antes do jogo contra o Palmeiras, em São Januário.

Enquanto isso, a chapa de Dinamite alugou carro de som e fez campanha durante as 13 horas de urnas abertas – a eleição começou às 9h20min e terminou às 22h. A apuração dos votos não demorou mais de 30 minutos, pela facilidade das urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio.

– Conseguimos uma vitória contra tudo e contra todos. Passamos por muitas dificuldades. Agora é curtir este momento delicioso – diz Dinamite, enrolado a uma bandeira vascaína.

Durante todo o dia, o clima foi de tranqüilidade na sede do Calabouço, na Lagoa, Zona Sul do Rio, interrompido apenas por um eleitor que não conseguiu votar por não estar na lista. Apesar do local improvisado, não houve problema com as urnas. A segurança foi ostensiva, e a ausência do grupo da situação contribuiu para a paz no clube. No fim da apuração, cerca de 200 torcedores comemoram a vitória da chapa de oposição com gritos de “Casaca” e o hino do clube.

Entenda a eleição

A eleição à Presidência do Vasco é indireta. Os sócios elegem os conselheiros e estes, por maioria, escolhem o presidente a partir dos nomes indicados pelas chapas. Os candidatos são Eurico Miranda, da situação, e o ex-jogador Roberto Dinamite, da oposição.

No dia 13 de novembro de 2006, a chapa de Eurico venceu a eleição com 1.848 votos, contra 1.409 de Dinamite. A oposição, alegando irregularidades, entrou na Justiça e, em março de 2007, ganhou a causa. Os dirigentes vascaínos, então, entraram com recurso. No início deste mês, a decisão judicial para as novas eleições foi publicada no Diário Oficial.

Leia a reportagem de Eduardo Peixoto, do Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Dinamite vence eleições no Vasco"